Saiba Como

O que é o Centro de Inovação da Mouraria (CIM) / Mouraria Creative Hub?

É a primeira incubadora em Lisboa a acolher empreendedores com projectos e ideias de negócio nas diversas áreas das indústrias culturais e criativas.

Onde está o CIM e como podes lá chegar?

No bairro mais cosmopolita da cidade de Lisboa, a Mouraria, na Rua dos Lagares, 23 / Travessa dos Lagares, 1, a 5 minutos a pé da Praça do Martim Moniz e a 10 minutos do Chiado. Se chegares de mota ou bicicleta tens estacionamento gratuito no nosso “parque”.

De carro - sobe a Rua dos Cavaleiros, vira à esquerda pelo Largo das Olarias e depois à direita e o CIM é mesmo à tua direita na Rua dos Lagares, 23.

De Metro - Linha Verde estação do Martim Moniz, sobe a Rua dos Cavaleiros e vira à esquerda no Largo do Terreirinho para a Travessa dos Lagares, 1.

Como é o espaço do CIM?

O Centro de Inovação da Mouraria era um antigo palacete do Séc. XVI que reabilitámos para converter em incubadora. O valor total investido foi cerca de 2M€.

O CIM tem cerca de 1.400m2 de área útil, nos quais encontras 50 postos de trabalho, distribuídos em 8 salas; uma sala multiusos; uma sala de reuniões; uma copa; uma sala para micro–produção; um espaço lounge e diversas zonas exteriores (algumas delas com vista para o Castelo de S. Jorge). 

O que é que o CIM te oferece?

Um posto de trabalho bem equipado; espaços comuns interiores e exteriores; consultoria e formação à medida das tuas necessidades; um grupo de mentores diversificado; acesso a network nacional e internacional; apoio no acesso a soluções de financiamento e apoio na comercialização dos teus produtos ou serviços.

Se precisares de domicílio postal, de fazer um protótipo ou de produzir em pequena escala, também podes contar connosco. Os empreendedores apoiados pelo CIM terão acesso às instalações 24/7, ou seja, 24 horas por dia e 7 dias por semana.

Como te podes candidatar?

O processo de candidatura é muito simples, basta preencheres este formulário, tomar conhecimento das  Normas de Acesso  (62 KB)e submeteres.

Se preferires entregar presencialmente, podes imprimir o  formulário (346 KB), preencher e entregar ou enviar por correio para a seguinte morada: Balcão Iniciativa Lisboa - Campo Grande, 13 1700-087 Lisboa.

Se quiseres poderás consultar as Normas de Acesso no  2.º Suplemento ao Boletim Municipal n.º 1097 (80 KB).

A primeira ronda de candidaturas ficará concluída no dia 10 de Maio de 2015. A partir de então, a avaliação de candidaturas terá uma periodicidade trimestral. 

Quem avalia e quais os critérios de seleção?

O júri é constituído por 7 pessoas.

São elas:

- Adriana Freire - Jornalista, fotógrafa e mentora do projecto de inovação social, “Cozinha Popular da Mouraria”. Colaboradora no Diário de Notícias e autora do blogue “O Estado da Cozinha Portuguesa”.

-Eduarda Abbondanza – Curso Design de Moda. Directora da Moda Lisboa desde 1991 Uma das individualidades mais marcantes do panorama de Moda nacional.

- João Wengorovius Meneses – Licenciado em Gestão. Ex-coordenador do Gabinete de Apoio ao Bairro de Intervenção Prioritária (GABIP) da Mouraria da Câmara Municipal de Lisboa. Director Executivo do Centro de Inovação da Mouraria / Mouraria Creative Hub. Docente universitário.

- José Filipe Rebelo Pinto – Licenciado em Marketing, director da empresa NCS – empresa da área dos audiovisuais e que opera na logística de eventos. Desde 2011 responsável pela gestão do Mercado de Fusão na Praça do Martim Moniz.

- Marta Silva – Curso de Dança, Licenciatura em Ciências da Educação. Directora do Largo Residências e directora artística e pedagógica da SOU – Movimento e Arte. Bailarina e um dos pilares da regeneração da Mouraria e Intendente.

- Miguel Muñoz Duarte – Ex-marketeer. Em 2009 lança o Ignite Portugal. Fundador da Imatch, empresa de consultoria dedicada a estimular o espirito inovador e criativo nas pessoas.

- Nuno Saraiva – Curso Superior de Design de Comunicação. Curso de Design. Curso de Pintura. Colaborador em praticamente toda a imprensa escrita portuguesa. Ilustrador por excelência da dinâmica cultural e social do Bairro da Mouraria.

 

Os membros suplentes do júri são:

- Cristina Matos Silva – Film Commissioner da Film Commission de Lisboa;

- Bernardo Gaeiras – Diretor Executivo do FabLab Lisboa;

- Paulo Carvalho – Diretor Municipal da Economia e Inovação, da Câmara Municipal de Lisboa.

 

Já agora, os nossos critérios de avaliação são os seguintes: 

- Projecto / ideia de negócio diferenciado(a) e/ou inovador 

- Exequibilidade do projeto

- Potencial de mercado

- Capacidade de implementação por parte da equipa promotora 

- Plano de negócios e sustentabilidade económico-financeira do projeto 

- Contribuição para uma maior coesão social, cultural e/ou económico da Mouraria e de Lisboa

São ainda critérios de majoração, a criação de postos de trabalho e a idade do/a promotor/a ser inferior a 35 anos.  

Quem se pode candidatar e em que áreas?

Qualquer pessoa, maior de 18 anos, a título individual ou colectivo, que tenha um projeto ou ideia de negócio nas diversas áreas das indústrias culturais e criativas, tais como media: (i.e. cinema, vídeo, tv, rádio, fotografia e publicidade), design, moda, música e ofícios manufacturados (i.e. joalharia, azulejaria, olaria, etc.).  

É importante que saibas que, para além de uma pequena sala para microprodução e da colaboração estreita que teremos com o espaço de prototipagem FabLab Lisboa (situado no Intendente), ao nível das suas infra-estruturas, o CIM não terá condições para acolher unidades de produção. Ou seja, os projetos ou negócios que necessitem de gerir (diretamente) unidades de produção (por ex., produção têxtil ou cerâmica), poderão apenas sediar no CIM a sua sede e as operações de backoffice (i.e. gestão, marketing, etc).

Qual o valor mensal?

Cada projeto/negócio poderá dispor de um máximo 4 postos de trabalho, durante um período máximo de 4 anos.

O custo mensal de cada posto de trabalho será 100 euros (+IVA), mas se o teu projeto precisa de mais do que um posto de trabalho tens os seguintes descontos: 25% para o 2.º posto de trabalho, 50% para 3.º e 75% para o 4.º.

Assim, por exemplo, se o teu projeto tivesse 4 postos de trabalho associados, o encargo mensal seria de 250€ (+ IVA) (ou seja, 100€+75€+50€+25€).

Até quando te podes candidatar?

A segunda ronda de avaliação de candidaturas está aberta entre 20 de Setembro e 30 de Outubro

Depois poderás candidatar-te trimestralmente.

Para saber mais informação ou para visitar o CIM, quem posso contactar?

Podes sempre enviar um email para  cim@cm-lisboa.pt ou  ligar o +351 218  170 202