Aqueduto das Águas Livres

Fechar
Aqueduto das Águas Livres
Aqueduto das Águas Livres
Aqueduto das Águas Livres
Aqueduto das Águas Livres
Aqueduto das Águas Livres
Aqueduto das Águas Livres
Aqueduto das Águas Livres
Aqueduto das Águas Livres
Aqueduto das Águas Livres


Classificado como Monumento Nacional, o Aqueduto é uma obra notável de engenharia hidráulica, Concebida para celebrar a entrada da água em Lisboa.

Iniciado em 1732, no reinado de D. João V, em estilo barroco e Neoclássico, contou com a participação de arquitetos como Cannevari, Manuel da Maia, Custódio Vieira e Carlos Mardel.

Desde a nascente, a 2 km de Belas, até à Mãe d'Água das Amoreiras, incluindo os ramais, o Aqueduto estende-se por cerca de 59 km. Merecem destaque: a Arcaria do Vale de Alcântara, com 35 arcos (21 plenos e 14 quebrados), o Arco das Amoreiras, em forma de arco triunfal, tendo como base um arco pleno ladeado por pilastras dóricas, que suportam um entablamento com lápide votiva e frontão triangular, e a Mãe d'Água das Amoreiras, reservatório de receção.

A funcionar desde 1748, foi desativado no 3º quartel do séc. XX, tendo sido reaberto ao público em 1986.


Horário

3ª feira a sábado | 10h00-17h30.
Encerra domingo, 2ª feira, feriados e de 30 de novembro e 1 de março.
Visitas guiadas | 4ª feira  e sábado | 11h00 e 15h00


Transportes

Autocarro: 758
Metro: Rato

Contacto

  +351 218 100 215
www.epal.pt

Localização

Concelhos de Lisboa, Amadora, Odivelas, Oeiras e Sintra; Calçada Bento da Rocha Cabral, 7 e Praça das Amoreiras, 10 (Mãe d'Água (EPAL))
Lisboa

Freguesia: Santo António

Coordenadas: 
Data de actualização:
2018