Consulado Espanhol (Palácio Mayer)

Fechar
Consulado Espanhol (Palácio Mayer)
Consulado Espanhol (Palácio Mayer)
Consulado Espanhol (Palácio Mayer)


Construído, em 1901, por iniciativa de Adolfo de Lima Mayer, seu proprietário, teve projecto do arq. Nicola Bigaglia. Contrariando a legislação do Prémio Valmor, por não haver outro que justificasse a atribuição do Prémio no ano de 1902, este foi atribuído ao edifício em questão construído no ano anterior. Incluído na Zona da Avenida da Liberdade que se encontra Em Vias de Classificação, este imóvel, traduzindo uma arquitectura civil eclética, é um dos melhores exemplares de arquitectura revivalista em Portugal, sendo o Renascimento o período de referência eleito para a recolha e reprodução do vocabulário arquitectónico e gramática ornamental. De planta rectangular e volumetria paralelepipédica encontra-se implantado em gaveto cujo pano murário no ângulo se apresenta curvo. Desenvolve-se em dois pisos sobrepujados por cornija suportada por mísulas ornamentadas com folhas de acanto, que precede remate em platibanda simples articulada com balaustrada, evidenciando-se, ainda, plintos com bola nos eixos correspondentes às pilastras de compartimentação da fachada. A propriedade incluía, para além do edifício, um extenso jardim, que, tendo sido vendido em 1921, veio a dar origem ao Parque Mayer, recinto de diversões, inaugurado em 15 de Junho de 1922. Actualmente o Palácio Mayer é propriedade do Estado Espanhol, funcionando aí serviços da respectiva Embaixada/Consulado.

 

Localização

Rua do Salitre, 1-3; Travessa do Salitre, 37
Lisboa

Freguesia: Santo António

Coordenadas: 
Data de actualização:
2019