Monumento a Azeredo Perdigão

Fechar
Monumento a Azeredo Perdigão
Monumento a Azeredo Perdigão
Monumento a Azeredo Perdigão


Peça comemorativa do centenário do nascimento de José de Azeredo Perdigão (1896-1993), primeiro Presidente da Fundação Calouste Gulbenkian. Nesta obra inaugurada, em 1996, na frente do Jardim virada à Avenida de Berna, o autor, Pedro Cabrita Reis, procurou a fusão entre a vida do homenageado e a da própria instituição, recorrendo a um material que se aproxima da estética do betão à vista, patente no Edifício-Sede da Fundação, exprimindo assim valores de solidez e perenidade.

Escultor - Pedro Cabrita Reis. Data - 1996. Material - Betão. Estilo - Abstracto.

 

Localização

Avenida de Berna, Jardim da Fundação Calouste Gulbenkian
Lisboa

Freguesia: Avenidas Novas

Coordenadas: 
Data de actualização:
2019