Núcleo Arqueológico do Castelo de São Jorge

Fechar
Núcleo Arqueológico do Castelo de São Jorge
Núcleo Arqueológico do Castelo de São Jorge
Núcleo Arqueológico do Castelo de São Jorge
Núcleo Arqueológico do Castelo de São Jorge
Núcleo Arqueológico do Castelo de São Jorge


O Núcleo Arqueológico do Castelo de São Jorge, inaugurado em Março de 2010, é o resultado das investigações arqueológicas, que decorreram desde 1996, acabando por pôr a descoberto um importante conjunto de ruínas, as quais traduzem um valioso contributo para a compreensão da evolução histórica do espaço urbano da cidade e da sua construção por sucessivas gerações, reflectindo uma grande diversidade cultural. O projecto de arquitectura da musealização do sítio ficou a cargo do arq. Carrilho da Graça. Localizado intra-muros, na Praça Nova contígua ao Castelejo, este núcleo arqueológico surge circundado por uma estrutura protectora, em aço cor de ferrugem, revelando vestígios que testemunham três períodos da história do Castelo de São Jorge e da cidade de Lisboa: as primeiras estruturas habitacionais do séc. VII a.C., correspondentes a uma provável proto-urbe da Idade do Ferro, (visíveis através de uma fresta horizontal rasgada num cubo de aço que as protege); o bairro islâmico, datado de meados do séc. XI-XII, época da construção do castelo, com as suas ruas e fundações de edifícios, (parte a descoberto, parte abrigadas em estruturas brancas de linhas simples que reconstituem conjecturalmente as antigas casas de um conjunto habitacional); e os vestígios do Palácio dos Condes de Santiago, a última habitação palatina da antiga alcáçova islâmica e medieval, cujos registos materiais ficaram preservados pelos escombros do terramoto de 1755, (incluindo um pavimento protegido por tecto de aço, com um espelho que reflecte o pavimento, para melhor percepção).

 

Localização

Castelo de São Jorge
Lisboa

Freguesia: Santa Maria Maior

Coordenadas: 
Data de actualização:
2018