Palácio Vagos/Paços de S. Cristóvão

Fechar
Palácio Vagos/Paços de S. Cristóvão
Palácio Vagos/Paços de S. Cristóvão
Palácio Vagos/Paços de S. Cristóvão
Palácio Vagos/Paços de S. Cristóvão
Palácio Vagos/Paços de S. Cristóvão
Palácio Vagos/Paços de S. Cristóvão
Palácio Vagos/Paços de S. Cristóvão
Palácio Vagos/Paços de S. Cristóvão
Palácio Vagos/Paços de S. Cristóvão


Formado por arquitectura nobre e religiosa, este conjunto, atesta bem a importância que o local teve desde a idade média até à reforma pombalina.Aqui habitou D. Leonor,filha de D. Duarte,a partir de 1451,após aí ter celebrado o seu casamento,(por procuração),com Frederico III,Imperador da Alemanha.Posteriormente,o Paço de S. Cristóvão transformou-se na residência dos Condes de Aveiras e Marqueses de Vagos,Morgados do Regedor,o qual deu o nome à rua onde o imóvel se encontra implantado.Do paço primitivo ficou apenas o portal lateral gótico,quatrocentista,de colunas torsas,incluindo a do travejamento,único elemento do conjunto classificado como Monumento Nacional.Apesar de ter sido reformulado no reinado de D. João V,o adiantado estado de degradação em que o deixou o terramoto de 1755 levou a que se efectuassem obras de reconstrução,das quais subsistiu a fachada principal,com cantarias e janelas joaninas.Em 1864,o Marquês de Vagos vendeu o seu palácio,o qual foi objecto de novas intervenções,tanto no séc. XIX,como no séc. XX,dando lugar ao acrescento de pavilhões anexos e de novos andares,conferindo o aspecto actual ao edifício,pertencente à Associação de Socorros Mútuos de Empregados de Comércio de Lisboa,desde 1913.

Localização

Largo de São Cristóvão, 1; Rua do Regedor, 2
Lisboa

Freguesia: Santa Maria Maior

Coordenadas: 
Data de actualização:
2018