«Cinema Francês 1930-60 – Os Grandes Mestres (Os “padrinhos” da Nouvelle Vague)»

12 de julho
 a 10 de outubro

De Jean Renoir a Georges Franju, passando por Marcel Pagnol e Sacha Guitry, a Leopardo e Medeia Filmes homenageia os grandes realizadores do cinema francês dos anos 30, 40 e 50 com um extenso ciclo de cinema. 
«Cinema Francês 1930-60 – Os Grandes Mestres (Os “padrinhos” da Nouvelle Vague)» traz de volta ao grande ecrã 16 filmes, vários deles inéditos em Portugal, obras-primas essenciais, filmes que “mudaram a nossa vida e mudaram o cinema” (S.Daney), realizados por 10 dos maiores realizadores franceses, que agora damos a conhecer em versões digitais restauradas, legendadas em português. Dividido em 4 partes, o ciclo procura, acima de tudo, reunir estes filmes com os espectadores portugueses, e assim lembrar-lhes da herança francesa que estes carregam consigo, uma herança cinemática iluminada nas “suas expressões mais conscientes”.