Intervenções no arvoredo na cidade - março

05 de março
 a 05 de junho

A Câmara Municipal de Lisboa autorizou, no âmbito do programa municipal de gestão e manutenção dos espaços verdes, o abate e remoção de árvores secas ou decrépitas, em risco de queda ou em mau estado fitossanitário e que podem constituir, por isso, em caso de rotura, um perigo para a segurança de pessoas e bens, nos seguintes arruamentos ou locais da cidade:

- Rua Maria Violante Vieira;
- Calçada do Tojal.
- Avenida Madame Curie
- Jardim da estrela (1)
- Jardim da estrela (2)
- Tapada das Necessidades (1)
- Tapada das Necessidades (2)
- Rua General José Paulo Fernandes
- Rua António Patrício
- Rua Afonso Lopes Vieira
- Rua Fernando Pessoa
- Avenida do Brasil
- Rua Violante do Céu
- Rua da Senhora da Glória
- Avenida General Roçadas
- PFM – Cruz das Oliveiras
- Estação de Campolide (1)
- Estação de Campolide (2)
- PFM Sul
- PFM Sul - Parque Urbano do Alto do Duque
- Rua Cidade de Moçamedes
- Alameda dos Oceanos
- Praça Paiva Couceiro
- Impasse à Avenida dos Estados Unidos da América
- Alameda da Cidade Universitária
- Rua Luís Cristino da Silva
- Rua Neves Costa
- Rua de Pedrouços
- Rua Fernão Mendes Pinto
- Calçada da Tapada, Escola EB1 Raul Lino
- Av. D. João II
- Cemitério dos Prazeres
- Rua Cidade Moçamedes
- Rua Eduardo Vidal
- Rua Duarte Lobo
- Escola EB33- Santo António
- Rua Violante do Céu
- Rua da Vila Correia (1)
- Rua da Vila Correia (2)



Estas intervenções estão fundamentadas em avaliações técnicas efetuadas pelos Serviços da CML e as árvores serão, em regra, substituídas por outras da mesma espécie ou de espécies adequadas ao local.