Teatro | Colónia Penal (Le Bagne) de Jean Genet

05
 a 22 de julho

A colónia penal, o degredo, é um espaço idealizado, onde a morte ou a aproximação dela, tema sempre presente e que liga todas as personagens - é um espaço autónomo, longe do mundo, perdido num deserto, onde vive uma sociedade de excluídos, convivem os degredados, os guardas e os administradores da prisão, todos lúcidos e alienados pelos seus sonhos, destacando-se, como elemento aglutinador, os forçados Rocky, Ferrand e Forlano atormentados pela fantasmagórica aparição das vítimas e a poética e supervisora narração do sol e da lua. Em todos esses condenados há uma exaltação do abjeto, contrastando com os guardas negros que, não condenados à morte, parecem ter uma visão mais luminosa da realidade.

Encenação | António Pires

Tradução | Fátima Ferreira, Luís Lima Barreto

Elenco | Luís Lima Barreto, João Barbosa, Hugo Mestre Amaro, Rafael Fonseca, Gio Lourenço, Igor Regalla, João Maria, Francisco Vistas e Christian Martins

Filmes | João Botelho,  
Interpretação | Márcia Breia, Francisco Tavares, Jaime Baeta, Carolina Campanela, Guilherme Alves