Início » Investir » Comércio » Lojas com História » Critérios de Atribuição

Critérios de atribuição da distinção

 

Critérios de atribuição da distinção “Lojas Com História”

Cotação

Valorizam-se todos os critérios com 1 ponto cada, à exceção do critério 1.1, onde se valoriza 1 ponto por cada 25 anos de atividade, até um máximo de três pontos.

Requisitos

Para ser considerada Loja com História, a loja tem de satisfazer duas regras:

1 - Cumprir obrigatoriamente um critério em cada núcleo;

2 - Cumprir mais de 50% dos critérios, no total dos três núcleos.

(Retalho=11 mínimo e Restauração e Bebidas=10 mínimo)

 

CRITÉRIOS

1. ATIVIDADE

1.1. Longevidade reconhecida [aplicável a lojas com mais de 25 anos de actividade]

Objetivos: Comprovar a longevidade do estabelecimento.

1.2. Significado para a história comercial da cidade

Objetivos: Premiar a inovação de negócios e produtos, em todas as épocas, e a resiliência de últimos representantes de actividades e ofícios. Promover os bons exemplos de gestão duradoura.

1.3. Existência de oficinas e/ou produção própria [não aplicável à restauração]

Objetivos: Identificar a produção local e promover o saber-fazer associado aos estabelecimentos comerciais.

1.4. Produção nacional [não aplicável à restauração]

Objetivos: Premiar e incentivar a utilização de produtos e matérias-primas nacionais.

1.5. Produto identitário e/ou existência de marca(s) própria(s)

Objetivos: Incentivar o desenvolvimento de produtos próprios, no sentido da criação de identidade própria e da valorização pela diferença. Incentivar a criação e registo legal de marcas.

 

2. PATRIMÓNIO MATERIAL

2.1. Património artístico e/ou projetado

Objetivos: Promover os bons exemplos da articulação entre o projeto (arquitectónico, interiores e design), o modelo de negócio e os serviços prestados, envolvendo diferentes disciplinas, empresas e fornecedores.

2.1.1. Projeto de espacialidade

2.1.2. Mobiliário e iluminação

2.1.3. Suportes de comunicação

2.1.4. Decoração

2.1.5. Projeto total

2.2. Espólio/Acervo

Objetivos: Incentivar e promover a conservação organizada de artefactos e documentos relacionados com o estabelecimento e atividade.

2.2.1. Utensílios e/ou matérias-primas

2.2.2. Elementos documentais 

2.3. Salvaguarda e divulgação

Objetivos: Sensibilizar os lojistas para a organização, documentação e conservação adequadas de acervo e espólio, assim como a sua utilização na promoção dos estabelecimentos e marcas.

2.3.1. Salvaguarda

2.3.2. Divulgação


3. PATRIMÓNIO CULTURAL E HISTÓRICO

3.1. Lojas de referência

Objetivos: Destacar os factores sociais e culturais através dos quais alguns estabelecimentos se tornaram referências na memória coletiva dos cidadãos.

3.1.1. Coesão e proximidade

3.1.2. Significado para a história, cultura e memória coletiva dos cidadãos

3.2. Salvaguarda e divulgação

Objetivos: Sensibilizar os lojistas para a documentação e registo de todos os conteúdos intangíveis que possam contribuir para a valorização do estabelecimento e marca(s), assim como a utilização dos mesmos na promoção dos estabelecimentos e marcas.

3.2.1. Salvaguarda

3.2.2. Divulgação