Como se faz sentir a crise de que todos falam? As cidades mudaram? E como poderemos ultrapassar a crise?

O projecto We-Traders. Troca-se Crise por Cidade conecta ações urbanas de artistas, designers, ou ativistas de seis cidades. É uma plataforma de conhecimento e produção do Goethe-Institut, que conta com o apoio do município de Lisboa, na promoção de ligações e novas formas de cooperação nas cidades. Desde 2013, nos fóruns interativos, workshops e exposições We-Traders, trocam-se diagnósticos entre Lisboa, Madrid, Berlim, Turim, Toulouse e Bruxelas.

  • Que iniciativas funcionam bem num determinado contexto? 
  • Quais as foram as razões do sucesso? 
  • Tais elementos podem ser replicados noutros lugares? 
  • Como é que a relação entre a iniciativa privada e órgãos públicos funciona em diferentes contextos? 

 Por toda a Europa, os cidadãos tomam a iniciativa e fazem parte na construção das suas cidades. Chamamo-los de We-Traders. Com as suas iniciativas, redefinem a relação entre valor, lucro e interesse público e convidam outros cidadãos a fazer o mesmo. Em tempos de crise o conceito We-Trading é particularmente interessante, porque a co-gestão torna-se co-autoria. Qualquer cidadão que está ativamente envolvido no desenvolvimento, produção e troca também vai assumir a sua responsabilidade para o resultado final.

 

O que é um We-Trader?

# 1 We-Traders experimentam novas formas de troca.

# 2 We-Traders dissolvem a relação entre consumidores e produtores.

# 3 We-Traders trabalham transversalmente e não produzem apenas valor monetário, mas também social, cultural, ecológico e político.

# 4 We-Traders redefinem a relação entre valor, lucro e bem comum.

# 5 We-Traders oferecem uma abordagem lúdica às estruturas e as regras da economia.

# 6 We-Traders produzem resultados concretos no seu meio ambiente urbano imediato.

# 7 We-Traders criam novas constelações de agentes em processos de desenvolvimento urbano.

# 8 We-Traders marcam a transição da co-decisão para a participação.

# 9 Todos podem tornar-se We-Traders

 

WE-TRADERS DE LISBOA  www.goethe.de/ins/be/prj/wet/tra/lis/ptindex.htm

 

São cinco as iniciativas que em Lisboa foram consideradas como exemplares We-Traders. A imagem de marca destes intervenientes são o sentido colectivo e participativo, a igualdade e transparência social, e que procuram soluções criativas no contexto urbano, não raramente nascidas de uma necessidade existencial ou social. Reflectem uma mudança efectiva de paradigma, que não é apenas promovida pela administração central da cidade, mas faz-se igualmente notar através da grande quantidade de iniciativas privadas, que são maioritariamente de carácter low-cost e voluntário.

 O Espelho -   A Linha  -  Agulha  -  Cozinha Popular  -  BIP/ZIP

 

Explore toda informação no  site, e partilhe a sua experiência. Torne-se um We-Trader!

Projecto vencedor da Open Call Lisboa:  PÁTIO DE DOM FRADIQUE