Através da análise dos rankings, pretende-se conhecer o posicionamento relativo de Lisboa (e do país) no contexto internacional, o modo como a cidade é percecionada nas suas diferentes dimensões, permitindo estruturar formas de acção no sentido de reforçar a sua competitividade e capacidade de atracção de empresas, investimentos e talentos.

Posicionamento internacional de Lisboa

Prices and Earnings (2018)

Lisboa revela-se competitiva ao nível do custo de mão-de-obra, com nível de salário bruto da ordem dos 32,1 (NY=100), valores que em Dublin se cifram em 76,9, em Milão 65,2 e Madrid 58,3.

Quality of living survey (2019)

Lisboa integra o top 50 das cidades com melhor qualidade de vida, situando-se na 37ª posição, à frente de cidades como Madrid e Londres, sendo também considerada a 31.ª cidade mais segura do Mundo.

The Global liveability Report (2018)

Lisboa é considerada a 54.ª melhor cidade do Mundo para se viver de acordo com um estudo da The Economist Intelligence Unit. A capital portuguesa subiu dois lugares no ranking, que avalia estabilidade, cultura, ambiente, saúde, infra-estruturas e educação. Entre as cidades europeias, Lisboa surge na 26.ª posição, logo atrás de Londres.

INSEAD - THE BUSINESS SCHOOL FOR THE WORLD

De acordo com o Global Talent Competitiveness Report Index 2019, Lisboa é a 45.ª cidade (4 lugares acima de Barcelona) a atrair e reter trabalhadores qualificados. Segundo o relatório, são as cidades e não os países que estão a desenvolver papéis mais fortes como centros de talentos. A crescente importância das cidades é justificada pela "maior flexibilidade e capacidade de adaptação às novas tendências e padrões, como unidades económicas ágeis, onde as políticas podem ser mudadas mais rapidamente". Portugal situa-se na 28.ª posição.

Monocle - Quality of Life Survey

Lisboa surge como a 12.ª cidade do Mundo com melhor qualidade de vida, destacando-se pelo espírito empreendedor com que tem implementado novos negócios na cidade, bem como pelo esforço feito para garantir residência aos locais, nomeadamente através do planeamento de habitação a preços mais acessíveis. O ranking é liderado por Munique.

FDI - European Cities and Regions of the Future 2018-2019

Link site FDI

No top 10 das cidades e regiões do sul da Europa do futuro, Lisboa e a região de Lisboa ocupam o 5.º lugar.

Doing Business 2018

Portugal ocupa a 29.ª posição entre 190 países analisados. Esta classificação resulta da redução do tempo necessário à formalização de uma empresa, de um aumento do número de start-ups da ordem dos 17% e da criação de cerca de 7 novos empregos por cada 100.000 habitantes por mês. As novas start-ups são mais frequentemente detidas por mulheres, e são dirigidas por empreendedores com maior formação e experiência, o que também cria um ambiente mais inclusivo para futuros empreendedores. Também nos procedimentos de registo de uma empresa Portugal pontua na 28.ª posição do ranking e na obtenção de licenças de construção situa-se na 32.ª posição global.

Emerging Trends in Real State Europe 2019

Lisboa é considerada a cidade mais atractiva para o investimento imobiliário na Europa em 2019, liderando pela 1.ª vez o top 10 deste estudo anual, elaborado pela PWC e pela ULI.