Início » Investir » Lisboa Film Commission » Factos e Números

Factos e números das produções audiovisuais em Lisboa


BALANÇO 2018

  • 702 pedidos para filmagens e sessões fotográficas para 443 produções (publicidade, longas e curtas metragens, documentários, séries televisivas, programas de TV, telenovelas, videoclips, filmes de estudantes)
    1916 dias de filmagens
    5 filmagens por dia (média)
  • +46% aumento do número de pedidos para o mercado estrangeiro, em relação a 2017
  • + 28% aumento do número de filmes, em relação a 2017
  • 35% pedidos de filmagens com apoio municipal (longas e curtas metragens, documentários, ficção tv, filmes de estudantes, etc.) / 65% pedidos de filmagens sem apoio municipal (filmes de publicidade, telenovelas, entretenimento, etc.)
  • 538 mil euros de apoio não financeiro municipal (isenção de taxas e preços para filmagens)
  • 510 mil euros de receitas de taxas municipais de filmagens
  • 9,9 milhões de euros orçamento das produtoras gasto em Lisboa (somente atividade cinematográfica e apenas valor parcial)
  • Locais com mais filmagens em Lisboa: freguesias de Santa Maria Maior, Estrela, Parque das Nações, Misericórdia, Santo António, Arroios e Avenidas Novas


Filmes apoiados pela CML/Lisboa Film Commission no ranking dos filmes portugueses mais vistos em 2018:

  • Parque Mayer, de António-Pedro Vasconcelos (produção MGM)
  • Linhas de Sangue, de Sérgio Graciano e Manuel Pureza, (produção Coyote Vadio, Caos Calmo)
  • Ruth, de António Pinhão Botelho (produção Leopardo Filmes)
  • Cabaret Maxime, de Bruno de Almeida (produção BA Filmes)


Prémios internacionais atribuídos em 2018 a filmes portugueses com apoio da CML/Lisboa Film Commission:

  • Colo, de Teresa Villaverde, Festival de Film d´Auteur et d´Art de la Grande Europe (França), Prix Sauvage.
  • Diamantino, de Gabriel Abrantes e Daniel Schmidt, Semaine de la Critique (França), Grand Prix Nespresso Longa-metragem