Investir, Município

Fernando Medina cativa empresários luso-espanhóis

17, Dezembro 2015
O reforço da aposta na economia, na qualidade de vida e na coesão social da cidade são os três grandes desafios que Lisboa enfrenta nos próximos anos.

Num almoço com empresários da Câmara de Comércio e Industria Luso- Espanhola, que teve lugar no dia 17 de novembro, Fernando Medina reiterou a aposta da autarquia nos três grandes motores da economia da cidade: turismo, serviços, empreendedorismo e startups.

Aos empresários do país vizinho Medina garantiu que a “economia da cidade está bem mas pode ficar melhor”, através do investimento sustentável no turismo adaptado à realidade da cidade, à mais-valia do setor do serviços que torna a cidade num crescente polo de atração de investimentos, ou o novo fôlego para a startups que a Web Summit irá proporcionar.

Os desafios que se colocam passam por devolver a cidade às pessoas, traduzindo-se numa melhoria da qualidade de vida do qual projetos como a requalificação da frente ribeirinha e do eixo central, são bons exemplos diz o autarca que lembrou ainda a importância “vital” da coesão social para o desenvolvimento da capital.

O presidente da CML garantiu que a autarquia tudo fará para “cuidar do futuro e estar à altura de “uma cidade tão fantástica” como Lisboa.

A Câmara de Comercio e Indústria Luso- Espanhola

A Câmara de Comércio e Indústria Luso-Espanhola (CCILE) é uma entidade privada sem fins lucrativos que tem como principal atividade o fomento das relações comerciais entre empresas portuguesas e espanholas.

O principal objetivo é o auxílio a empresas nos seus processos de internacionalização para ou no mercado ibérico.

Array
Mais notícias sobre:
Investir, Município