Ambiente, Desporto, Mobilidade

Prova mundial de cicloturismo prevê quatro mil participantes em Lisboa

25, Julho 2018
O World Bike Tour (WBT) está de regresso a Lisboa. No próximo dia 5 de agosto, pelo segundo ano consecutivo, a capital recebe mais uma edição da prova de cicloturismo, que deverá contar com cerca de quatro mil participantes.
  • Apresentação da nona edição da World Bike Tour
    Apresentação da nona edição da World Bike Tour
  • Apresentação da nona edição da World Bike Tour
    Apresentação da nona edição da World Bike Tour
  • Apresentação da nona edição da World Bike Tour
    Apresentação da nona edição da World Bike Tour

nona edição do WBT vai ter lugar no próximo dia 5 de agosto, num passeio que começa junto ao Mosteiro dos Jerónimos e termina no Terreiro do Paço. O pelotão de cicloturistas será acompanhado pela PSP, e por bicicletas elétricas da EMEL. A empresa municipal é um dos principais promotores do evento, promovido pela Happiness Condition, que "acredita que a discussão da mobilidade das cidades está na ordem do dia".

A apresentação pública da prova, realizou-se hoje nos Paços do Concelho, com a presença de Miguel Gaspar, vereador da Mobilidade da autarquia, e Delmino Pereira, presidente da Federação Portuguesa de Ciclismo.

"Este não é um evento de Lisboa, é um evento de uma região, de um país", salientou Miguel Gaspar, considerando que a cidade deve "cada vez mais afirmar os valores do uso da bicicleta".

O crescimento da utilização das bicicletas em Lisboa é "exponencial", assegurou. "Em menos de dois anos o número de bicicletas que circulam na cidade duplicou", realidade que terá contribuído para que Lisboa fosse distinguida como Capital Verde Europeia em 2020.

Desde a primeira edição, no ano de 2006 em Lisboa, o WBT contribuiu para que mais de 1 milhão de pessoas – adultos e crianças – praticassem atividade física regular. De acordo com dados da organização, foram entregues mais de 200 mil bicicletas, incluindo handbikes a pessoas com deficiência, e cerca de 12 mil bicicletas tandem a invisuais.

Mais notícias sobre:
Ambiente, Desporto, Mobilidade