Desporto, Município

10 mil atletas despedem-se de 2017 na São Silvestre de Lisboa

30, Dezembro 2017
É já uma prova mítica da capital e do país, e no penúltimo dia do ano levou ao coração de Lisboa mais de 10 mil atletas. A Avenida da Liberdade brilhou no adeus a 2017 com a décima edição da São Silvestre. O Presidente da Câmara Municipal de Lisboa deu o exemplo e, também ele, correu os 10 quilómetros, num percurso desenhado no coração da capital.
  • 10 mil atletas despedem-se de 2017 na São Silvestre de Lisboa
    10 mil atletas despedem-se de 2017 na São Silvestre de Lisboa

A tradição voltou a cumprir-se e às 17:27:03, Fernando Medina dava o tiro de partida para a elite feminina, para menos de 3 minutos depois voltar a ecoar a buzina para a saída dos homens.

O presidente da Câmara Municipal de Lisboa juntou-se à moldura humana que quis marcar presença numa das mais emblemáticas provas e que Fernando Medina considera “ser um grande momento de história e da alegria da nossa cidade”.

A participar pela segunda vez na São Silvestre de Lisboa, o presidente da CML vaticinava demorar cerca de uma hora a fazer o percurso e não falhou por muito! Ao cortar a meta, Medina destacou a participação das milhares de pessoas que “correram e viveram a cidade de forma diferente e de todos os que vieram ao coração da capital apoiar os atletas".

Este ano, a vitória na tradicional “guerra dos sexos” foi para os homens. Venceu Samuel Barata, do Sport Lisboa e Benfica, diminuindo a desvantagem em relação às mulheres que está agora em 5-4.

João Pereira e Hermano Ferreira ocuparam os restantes lugares do pódio.

Jéssica Augusto foi a primeira na classe feminina, seguindo-se Marta Pen e Susana Godinho. Para o ano o objetivo é “voltar a ganhar aos homens” confidenciava a atleta do Sporting na linha da meta.

A São Silvestre de Lisboa de Lisboa está de regresso em 2018.

Array
Mais notícias sobre:
Desporto, Município