Areeiro, Cultura e Lazer, Município

100 anos 100 Árvores

21, Abril 2015
  • 100 anos 100 Árvores no jardim Fernando Pessa
    100 anos 100 Árvores no jardim Fernando Pessa

A Assembleia Municipal de Lisboa associou-se ao projeto “100 anos 100 Árvores” numa cerimónia evocativa do Centenário da Grande Guerra e dos 41 anos do 25 de Abril realizada no dia 21 de abril, com a plantação de uma árvore no Jardim Fernando Pessa junto à sede daquele órgão autárquico. Participaram na sessão Helena Roseta, presidente da AML, o presidente da Junta de Freguesia do Areeiro, Fernando Braancamp e os representantes das associações da sociedade civil, organizadoras da iniciativa.

Plantar cem árvores em homenagem aos combatentes na Primeira Guerra Mundial e na guerra colonial é um valor que perdura pois trata-se de um monumento vivo, disse Helena Roseta. Uma forma de celebrar a vida contra a morte, a paz e as árvores contra a ruína e a destruição, afirmou, desejando que a árvore cresça forte e viçosa “para nos lembrar, sempre que olharmos para ela, que é preciso continuar a batalhar pela paz. O principal nome da paz é o desenvolvimento”, concluiu.

Em representação das três associações organizadoras da iniciativa - Lisboa Verde, Liga dos Amigos do Jardim Botânico e Associação Portuguesa dos Arquitetos Paisagistas -, Manuela Correia frisou a importância desta homenagem para a preservação da nossa identidade e memória coletiva. Plantar 100 árvores nos próximos três anos (até 2018) “é uma forma nova e diferente de homenagem, pois trata-se de uma evocação através de um monumento vivo" que lembra dois períodos marcantes na nossa história contemporânea.

A cerimónia contou com um momento musical pela Orquestra Orquestra Philarmonia de Lisboa e terminou com a  plantação de uma árvore da espécie Lagunária.

Array
Mais notícias sobre:
Areeiro, Cultura e Lazer, Município