Urbanismo

20 anos depois da Expo 98: o que mudou

17, Maio 2018
  • Encontro de Urbanismo - EXPO 98 – 20 Anos
    Encontro de Urbanismo - EXPO 98 – 20 Anos

No âmbito do Ciclo de Conferências “Encontro de Urbanismo - EXPO 98 – 20 Anos, promovidas pela Câmara Municipal de Lisboa, a decorrer desde fevereiro e até junho, realizou-se no dia 17 de maio mais uma conferência, a quarta , subordinada ao tema “Espaço Público”, a qual teve lugar no auditório do CIUL – Centro de Informação Urbana de Lisboa.

Com esta iniciativa, que pretendeu mostrar o antes e o depois daquela zona oriental da cidade e toda a sua transformação urbanística e vivencial, contou com a moderação de Elsa Severino (Caldeira Cabral & Elsa Severino - Gabinete De Arquitectura Paisagista, Lda.) e a participação dos oradores João Gomes da Silva (Global - Arquitectura Paisagista), Fernanda Fragateiro (Atelier Fernanda Fragateiro) e Ana Tostões (IST-ULisboa), além de inúmeros técnicos da autarquia.

Para os oradores não restam dúvidas que esta zona industrial anteriormente votada ao abandono foi revalorizada, assim como a relação da cidade com o rio. Passados 20 anos, o Parque das Nações e toda a zona oriental da cidade, sinalizada por Marvila, Xabregas, Beato e Poço do Bispo, transmite dinamismo e o mobiliário urbano começou a ser olhado de outra forma existindo uma simbiose de iniciativas públicas, privadas e atividades culturais, entre cafés, restaurantes, galerias de arte e concertos que fazem desta nova zona, mais um ex-libris da boémia de Lisboa e um cartão-de-visita da cidade, reconhecido a nível internacional.

De salientar que na continuação deste ciclo de urbanismo, vai ter lugar no próximo dia 22 de maio mais uma conferência com o tema “A Exposição”, seguindo-se no dia 21 de junho a sexta e última com a designação “Uma Nova Identidade Local”.

Mais informação




Mais notícias sobre:
Urbanismo