Mobilidade, Santa Maria Maior

A Baixa sobe ao Castelo, de elevador

31, Agosto 2013
  • da Baixa ao Castelo nos novos elevadores
    da Baixa ao Castelo nos novos elevadores
  • Edifício de acolhimento dos elevadores - rua dos Fanqueiros 170
    Edifício de acolhimento dos elevadores - rua dos Fanqueiros 170
  • Edifício de acolhimento dos elevadores - rua dos Fanqueiros 170
    Edifício de acolhimento dos elevadores - rua dos Fanqueiros 170
  • Elevadores para Castelo - rua dos Fanqueiros 170
    Elevadores para Castelo - rua dos Fanqueiros 170
  • Elevadores para Baixa - rua da Madalena 147
    Elevadores para Baixa - rua da Madalena 147
  • Elevadores para Castelo - antigo mercado Chão do Loureiro
    Elevadores para Castelo - antigo mercado Chão do Loureiro
  • António Costa, Falcão de Campos
    António Costa, Falcão de Campos
  • Falcão de Campos, António Costa, Manuel Salgado
    Falcão de Campos, António Costa, Manuel Salgado
  • Elevadores para Baixa - antigo mercado Chão do Loureiro
    Elevadores para Baixa - antigo mercado Chão do Loureiro

No coração da nova freguesia de Santa Maria Maior, na Baixa de Lisboa, o(s) novo(s) elevador(es), inaugurados dia 31 de agosto, convidam à (re)descoberta das colinas da cidade. Do Chiado, renovado por Siza Vieira, descendo à Baixa pelas escadas rolantes da estação de Metro, num passeio pela nova rua da Vitória. Passo a passo, de elevador em elevador, até ao Castelo de São Jorge.

O edifício, reabilitado, da rua dos Fanqueiros (170/178), recebe três elevadores que permitem, de uma forma fácil e cómoda, subir da Baixa até ao Castelo. No seu interior foram instalados elevadores que permitem agora fazer a ligação entre a cota da rua dos Fanqueiros e a da rua da Madalena/largo Adelino Amaro da Costa.

“Respeitando o passado”, uma preocupação manifestada pelo arquiteto Falcão de Campos, autor de um projeto que considerou “muito simples e com um custo reduzido”, que passou sobretudo por “revelar” o edifício.

Entretanto, já tinha sido concluída em 2011, a outra componente, a obra de requalificação do antigo Mercado do Chão do Loureiro – na qual se integrou um elevador panorâmico, o que permitiu a transição o largo Adelino Amaro da Costa e o patamar superior ao nível da Costa do Castelo.

Falcão de Campos, também responsável pela requalificação do eixo da rua da Vitória, afirmou na inauguração, que a sua intervenção se “limitou a viabilizar o projeto da Câmara Municipal de Lisboa”.

Um projeto que contou com o empenho de Manuel Salgado, vice-presidente da autarquia, no âmbito do programa de revitalização da Baixa. Uma zona, onde 35% da área licenciada atualmente se destina a habitação, sublinhou Manuel Salgado. Uma aposta da Câmara, na fixação de residentes, que passa pela abertura de uma nova escola nas antigas instalações do tribunal da Boa Hora, disse ainda.

“Não há bela sem senão” começou por dizer António Costa, referindo-se à beleza das colinas de Lisboa, apesar dos inerentes obstáculos à mobilidade. Uma dificuldade vencida pela “genialidade” do projeto de Falcão de Campos, “colocando os elevadores num edifício que vence este desnível entre a rua dos Fanqueiros e a rua da Madalena”, afirmou o autarca.

No edifício que “pode vir a ser a sede da nova freguesia de Santa Maria Maior”, uma decisão da Junta, que contará com o apoio da Autarquia, disse António Costa, um novo desafio ficou já lançado: vencer os obstáculos ainda existentes, da Costa do Castelo até ao Castelo de São Jorge..

Horário de Funcionamento: todos os dias entre as 9h e as 21h

Array
Mais notícias sobre:
Mobilidade, Santa Maria Maior