Cultura e Lazer, Santo Antonio

A Feira do Livro abriu hoje maior e mais sustentável

29, Maio 2019
É a edição 89 de mais uma Feira do Livro no Parque Eduardo VII, este ano com um número recorde de 328 pavilhões, mais espaços verdes, mais sustentável e inclusiva. Vai decorrer até 16 de junho.
  • A Feira do Livro abriu hoje maior e mais sustentável
    A Feira do Livro abriu hoje maior e mais sustentável

A maior feira do livro do país regressou esta quarta-feira ao Parque Eduardo VII, em Lisboa, com 328 pavilhões, mais 32 do que em 2018, e 25 novos participantes. Maior, mais sustentável e mais acessível a quem tem mobilidade reduzida, estas são as três grandes novidades da Feira do Livro de Lisboa, de 2019 que se prolonga até 16 de junho. Como sempre, a entrada é gratuita.

Para Fernando Medina esta feira do livro “é maior, melhor e é também uma feira mais amiga do ambiente com um conjunto de inovações que alinham a feira com os grandes objetivos de Lisboa Capital Verde da Europa 2020”. O presidente da autarquia quis salientar que “a morte do livro já foi anunciada demasiadas vezes para ser levada a sério e o número de jovens editoras que aqui temos, prova isso mesmo”. Acompanhado pela ministra da Cultura Graça Fonseca, Fernando Medina visitou a Feira do Livro aproveitando para comprar algumas obras do seu interesse.

O Parque Eduardo VII volta a receber o evento que tem este ano a sua maior edição de sempre. Localizado no lado esquerdo da entrada sul do recinto, o espaço para novos participantes terá 25 novos editores e livreiros, num total de 138; mais 32 novos pavilhões para um total de 328 e mais 10 marcas editoriais para um total de 636.

A distribuição de 60 mil sacos de papel faz agora esta feira mais amiga do ambiente e sustentável, pois promove o papel como um suporte natural, renovável, reciclável e biodegradável. Além disso, a Feira do Livro de Lisboa está também mais acessível a quem tem mobilidade reduzida. Cadeiras de rodas e andarilhos, cedidos pela Santa Casa da Misericórdia, estarão ao dispor de quem necessitar. Quem optar por um transporte amigo do ambiente, terá um parque extra para estacionar as bicicletas.

O evento continua, este ano, a contar com parceiros como as BLX, Bibliotecas Municipais de Lisboa, responsáveis pelo desenvolvimento da programação cultural, com especial incidência na promoção de iniciativas destinadas ao público infantil, às famílias e às escolas.

As famílias poderão contar com maratonas de contos, workshops para miúdos e exposições. O horário de funcionamento da Feira do Livro de Lisboa é de segunda a quinta-feira, das 12h30 às 22 horas; sextas-feiras e vésperas de feriado, das 12h30 à meia-noite; sábados, das 11 horas à meia-noite; e domingos e feriados, das 11 às 22 horas. O programa completo pode ser consultado na nova aplicação ou no site do evento

Array
Mais notícias sobre:
Cultura e Lazer, Santo Antonio