Ambiente, Educação, Participar

Adaptação climática no orçamento participativo de Lisboa

14, Janeiro 2019

O Orçamento Participativo Escolar esteve em debate num encontro que decorreu em 8 e 9 de janeiro no edifício do BPI na Praça do Município, com a participação de autarcas e especialistas internacionais.

Normas, regimento e instrumentos foram as principais linhas desta Terceira Oficina Internacional, organizada no âmbito do projeto LC3 - Integração de projetos de mitigação e adaptação climática no orçamento participativo de uma cidade. O projeto está a ser implementado pela Câmara Municipal de Lisboa em parceria com a CFL (City Finance Lab) e a FMDV, uma aliança mundial de governos locais que tem como missão a promoção e o desenvolvimento de soluções para acompanhar o financiamento e o investimento.

No decurso dos trabalhos foram abordados temas como a inclusão do “selo verde” no Orçamento Participativo de Lisboa, a análise financeira dos projetos climáticos implementados no OP Lisboa entre 2008 e 2018 e a identificação de fontes de financiamento alternativas para o investimento e a manutenção de “projetos verdes”.

Participaram na oficina várias entidades nacionais e internacionais. Entre os intervenientes destaque para Yves Cabanes, professor da University College London, Virginia Barbarussa Gutierrez, especialista nos orçamentos participativos em Espanha, e os presidentes da Câmara Municipal de Águeda, Jorge Almedia, e de Valongo, José Manuel Ribeiro.

Mais notícias sobre:
Ambiente, Educação, Participar