Cultura e Lazer

Alma de Alfama nas fotografias das suas gentes

12, Setembro 2016
  • Alma de Alfama
    Alma de Alfama

Vinte retratos fotográficos de moradores de Alfama identificam, desde o dia 12 de setembro, os locais que lhes estão associados - junto da sua residência, na sua rua ou nas esquinas onde são frequentemente vistos. As fotografias deste projeto "Alma de Alfama" são da autoria de Camilla Watson - uma fotógrafa inglesa há muito radicada no vizinho bairro da Mouraria onde, há alguns anos, procedeu a experiência semelhante.

No ato inaugural, o presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina, fez questão de acompanhar o descerramento das placas fotográficas e de cumprimentar os retratados nos diversos locais do bairro onde as vinte personalidades agora ficam identificadas nas respetivas paredes. "Nada melhor do que preservar a alma de uma comunidade e a alma dela são as pessoas", sublinhou o autarca. Medina agradeceu a Camilla Watson a partilha deste "seu olhar, que não é de fora, pois já faz parte da nossa família". De igual modo, agradeceu aos fotografados "deste que é um dos bairros mais carismáticos da cidade, a sua disponibilidade para ajudar a imortalizar o bairro".

Camilla Watson revelou "ter sido um prazer trabalhar com as gentes de Alfama", agradecendo o convite do presidente da Junta de Freguesia de Santa Maria Maior, Miguel Coelho, para o efeito. Para a fotógrafa e artista, este foi "um trabalho de equipa com a comunidade", que envolveu também as suas assistentes e o responsável da Junta de Freguesia para os jovens, Ricardo Dias.

O autarca Local, Miguel Coelho, preferiu destacar o "trabalho extraordinário de Camilla Watson, onde deixa transparecer o seu olhar de ternura, amor, carinho e respeito para com a comunidade e o exprime com profissionalismo e arte". O objetivo do projeto é, segundo Miguel Coelho, "retratar as pessoas carismáticas do bairro, perpetuando-as fisicamente nas paredes". No final, o autarca de Santa Maria Maior deixou o seu agradecimento ao homólogo da Câmara Municipal pela sua presença nesta inauguração, demonstração de que Fernando Medina "está connosco para preservar a qualidade de vida nesta cidade".

O roteiro com a localização dos vinte retratos encontra-se num folheto desdobrável, disponível nos postos da Junta de Freguesia de Santa Maria Maior. Ou então, pode também o interessado percorrer as ruas do genuíno bairro à descoberta dos retratos e de muitos outros encantos surpreendentes.

Array
Mais notícias sobre:
Cultura e Lazer