Comercio, Visitar

António Costa eleito "personalidade do ano" na gala Amadeus Brighter Awards

17, Janeiro 2014
  • António Costa eleito "personalidade do ano" na gala Amadeus Brighter Awards
    António Costa eleito "personalidade do ano" na gala Amadeus Brighter Awards
  • António Costa eleito "personalidade do ano" na gala Amadeus Brighter Awards
    António Costa eleito "personalidade do ano" na gala Amadeus Brighter Awards

O presidente da Câmara Municipal de Lisboa, António Costa, foi distinguido como "personalidade do ano" durante a gala de atribuição dos galardões Amadeus Brighter Awards 2013, que teve lugar na Fundação Champalimaud, no dia 16 de janeiro.

Na ocasião, foram atribuídos dez prémios para outras tantas categorias, relacionadas com o desempenho na promoção turística da cidade de Lisboa. Na categoria principal, que designou a "personalidade do ano", estavam nomeados, para além do edil lisboeta, Fernando Pinto, presidente do Conselho de Administração da TAP, e o comendador Nazir Din, da Sana Hotéis. A distinção visou reconhecer o trabalho desenvolvido por António Costa para a "notoriedade e reconhecimento internacional de Lisboa como destino Turístico, contribuindo para a eleição de Lisboa como Melhor Destino para City Breaks na Europa nos World Travel Awards", em 2013.

Apesar de se tratar de uma iniciativa da Amadeus Portugal, subsidiária da maior empresa mundial do setor, os nomeados para os Amadeus Brighter Awards 2013 foram selecionados por um júri independente composto pelos diretores editoriais da imprensa escrita especializada: Carina Monteiro, da Publituris, José Luís Elias, da Turisver, e Pedro Chenrim, da Ambitur.

Os Amadeus Brighter Awards 2013 são prémios que visam distinguir as personalidades que se destacaram pelo seu contributo positivo no turismo em Portugal. Nas palavras de Miguel Quintas, diretor geral da Amadeus Portugal, estes prémios vêm reconhecer o mérito e a excelência do trabalho desenvolvido em prol do turismo na cidade de Lisboa pelas entidades públicas, companhias de aviação, agências de viagens, operadores de turismo e investidores hoteleiros.

António Costa, no momento de agradecer a distinção, ironizou por não reagir "como Cristiano Ronaldo", preferindo aceitar o "prémio para uma cidade beneficiada pelo que a natureza nos deu e pelo trabalho que as empresas do setor e o Turismo de Lisboa têm feito", setor que vem registando um contínuo crescimento, contribuindo cada vez mais para o total do produto interno bruto da cidade e do país.

Array
Mais notícias sobre:
Comercio, Visitar