Apresentação da 41.ª Corrida da Liberdade

13, Abril 2018
O Museu do Desporto, no Palácio Foz, recebeu no dia 13 de abril, a Conferência de Imprensa da 41ª Corrida da Liberdade.A corrida inclui três provas de atletismo e uma caminhada acessível à participação de todos.
  • Apresentação da 41.ª Corrida da Liberdade
    Apresentação da 41.ª Corrida da Liberdade

A iniciativa, que é uma organização conjunta da Câmara Municipal de Lisboa, Associação das Coletividades do Concelho de Lisboa (ACCL), Associação 25 de Abril e Federação das Coletividades do Distrito de Lisboa (FCDL), tem como objetivo manter vivos os ideais de Abril através de uma festa coletiva realizada na rua e em que a participação é totalmente gratuita.

Estiveram presentes, na conferência de imprensa, o vice-presidente e vereador do Desporto da Câmara Municipal de Lisboa, Duarte Cordeiro, o vereador do Desporto da Câmara Municipal de Odivelas, Paulo César Teixeira, os presidentes da FCDL, José Henriques, e da ACCL, Pedro Franco, representantes da Associação 25 de Abril e do Instituto Português do Desporto e Juventude, e ainda a representante da família do patrono Mário Moniz Pereira, Ana Santos.

Na cerimónia, Duarte Cordeiro, referiu que a Corrida da Liberdade é uma corrida especial pois acontece numa data muito especial. “Talvez a data mais importante que nós temos na nossa democracia e sem dúvida alguma é uma comemoração muito popular”. Duarte Cordeiro confidenciou que desde a altura em que era estudante universitário, altura em que iniciou o seu ativismo político, nunca falhou a uma única comemoração do 25 de abril. “Nunca falho a descida do Marquês de Pombal, que acontece à tarde, mas agora que tenho esta responsabilidade como vereador do Desporto, já percebi que vou ter que correr, de manhã, e isso eu não estava a contar, diz o vereador divertido.

“Faço parte de uma geração que nasceu depois do 25 de Abril mas que está muito grata. Que faz da sua responsabilidade de manter a memória viva os valores do 25 de Abril, muito agradecida a quem conquistou a democracia e por isso faço questão de participar neste dia e nesta corrida”, explicou o vereador do Desporto.

A prova principal (11 km) realiza-se desde 1978 e tem como local de partida o Quartel da Pontinha, onde esteve instalado o Posto de Comando do MFA (Movimento das Forças Armadas) que conduziu a revolução de 1974, e meta na Praça dos Restauradores.

A apresentação da prova fica marcada pela homenagem realizada ao Professor e Treinador Mário Moniz Pereira, patrono da corrida deste ano, uma personalidade que tem contribuído nas várias áreas do desporto, em particular no atletismo, na música mas também no Fado.

Depois dos discursos, a fadista Sónia Ferreira foi convidada para cantar dois fados da autoria por Mário Moniz Pereira - “Valeu a pena” e “Leio em teus olhos”.

No final da apresentação, a diretora do museu, Ana Semblano convidou todos os presentes para uma visita guiada pela Sala Prof. Moniz Pereira, recentemente inaugurada no Museu do Desporto.

Inscrições/informações: www.accl.com.pt