Mobilidade, Município

Área Metropolitana e Governo assinam contrato para novos passes sociais

18, Março 2019
Os municípios da Área Metropolitana de Lisboa (AML) assinaram hoje os contratos com o Governo para a entrada em vigor, já em abril, dos novos passes de transporte coletivo. O "Navegante Metropolitano" vai custar 40€, para deslocações na área metropolitana. O novo sistema elimina mais de 700 passes e quase 4 mil tarifários.
  • Fernando Medina na Gare do Oriente: assinatura de contratos entre Área Metropolitana e Governo
    Fernando Medina na Gare do Oriente: assinatura de contratos entre Área Metropolitana e Governo
  • Cerimónia de assinatura de contratos entre Área Metropolitana e Governo na Gare do Oriente
    Cerimónia de assinatura de contratos entre Área Metropolitana e Governo na Gare do Oriente
  • António Costa na Gare do Oriente: assinatura de contratos entre Área Metropolitana e Governo
    António Costa na Gare do Oriente: assinatura de contratos entre Área Metropolitana e Governo
  • João Matos Fernandes na Gare do Oriente: assinatura de contratos entre Área Metropolitana e Governo
    João Matos Fernandes na Gare do Oriente: assinatura de contratos entre Área Metropolitana e Governo
  • Cerimónia de assinatura de contratos entre Área Metropolitana e Governo na Gare do Oriente
    Cerimónia de assinatura de contratos entre Área Metropolitana e Governo na Gare do Oriente
  • Cerimónia de assinatura de contratos entre Área Metropolitana e Governo na Gare do Oriente
    Cerimónia de assinatura de contratos entre Área Metropolitana e Governo na Gare do Oriente

A cerimónia pública decorreu hoje na Gare do Oriente, com a presença do presidente da Câmara Municipal de Lisboa e da AML, Fernando Medina, do primeiro-ministro, António Costa, membros do Governo, e dos 18 presidentes de câmara da AML.

“Uma medida com grande impacto económico e social”, afirmou Fernando Medina.

Em menos de 3 décadas, sublinhou, o transporte público perdeu quase metade da sua quota. Por outro lado, todos os dias entram mais de 370 mil carros em Lisboa.

Esta é uma realidade que deve ser invertida, considerou. "O objetivo é recuperar na próxima década o que perdemos nas duas últimas."

Principais alterações no tarifário

"Navegante Municipal", para viagens dentro do concelho, com um custo de 30€, e "Navegante Metropolitano", para viagens em toda a área metropolitana, com um custo de 40€, são as duas principais referências deste novo tarifário.

Paralelamente, até aos 12 anos o Navegante é grátis, e a partir dos 65 anos terá um desconto de 50%. Estas duas medidas, já aplicadas no concelho de Lisboa, estendem-se agora a toda a área metropolitana. Entre os 12 e os 18 anos o valor será 22,5€.

Na deslocação entre Fogueteiro e Lisboa, por exemplo, a poupança será de 59,55€ para uma pessoa e 119,10€ para duas pessoas.

As famílias, qualquer que seja a sua composição, pagarão no máximo dois passes. Esta será a única modalidade que não entra em vigor em abril. O cruzamento de dados com a Autoridade Tributária obrigou a adiar a medida para julho.

O novo sistema de passes abrange todos os operadores de transportes dos 18 municípios da AML: Alcochete, Almada, Amadora, Barreiro, Cascais, Lisboa, Loures, Mafra, Moita, Montijo, Odivelas, Oeiras, Palmela, Seixal, Sesimbra, Setúbal, Sintra, Vila Franca de Xira.

Transportes Metropolitanos de Lisboa

Em 2019, a prioridade é assegurar a constituição da "Transportes Metropolitanos de Lisboa" e assegurar a passagem da autoridade de gestão dos meios de transporte para a AML, disse o presidente.

Também a bilhética, e o tarifário – mantendo um sistema integrado em toda a área –, serão geridos pela nova empresa.

Paralelamente, adiantou Fernando Medina, tem vindo a ser reforçada a oferta, com mais investimento nos operadores: Carris recebeu 80 autocarros de um total de 250, e a Transtejo vai ter 10 novos barcos.

Mais informações aqui