Pagina principal

Arqueologia inaugura novo polo em Lisboa

Junho 03, 2013
Array

A cidade que concentra o maior acervo de património arqueológico no país, inaugurou, dia 3 de junho, o "Centro de Arqueologia de Lisboa", com a presença da vereadora da Cultura, Catarina Vaz Pinto e da diretora-geral do Património Cultural, Isabel Cordeiro.

Projetado desde 2004 e "sucessivamente adiado", este centro de arqueologia do município (CAL) será, na ótica dos seus responsáveis, um equipamento autónomo, que vai assegurar a permanente atualização da carta arqueológica de Lisboa, uma capital profundamente “transformada” pela devastação do terramoto de 1755.

O novo espaço da Avenida da India, em Belém, centro de toda a investigação em Lisboa, em articulação com academias, universidades e comunidade cientifica, está também apto a receber todos quantos queiram conhecer melhor a história da cidade e as suas ocupações ao longo dos séculos, salientou Catarina Vaz Pinto.

“Com o CAL criam-se condições únicas que permitirão um avanço sustentável nesta área”, afirmou a vereadora, manifestando a importância de se imprimir aqui “uma lógica de cidade”, que passa pela articulação permanente com os restantes organismos nacionais, mas também com os diferentes serviços da câmara.

A “atividade efervescente” que hoje se regista em Lisboa, com a recente descoberta de partes de um navio, (do século XVI ou XVII) na Praça D. Luís, ou as duas embarcações seiscentistas encontradas na avenida 24 de julho, foi sublinhada por Isabel Cordeiro para realçar a importância da existência de um espaço com estas características.

Será “um projeto estruturante na área da arqueologia”, considerou a responsável pelo organismo central resultante da fusão do IGESPAR, do IMC e da Direção Regional de Cultura de Lisboa e Vale do Tejo.



Últimas notícias

Abr 17, 2014

O Design Possível no MUDE

Há ainda mais motivos para visitar o Museu da Moda e do Design, Coleção Francisco Capelo. O Design... saber mais...

Abr 17, 2014

Visita ao Cemitério Prazeres, maio, junho e julho

As visitas guiadas ao Cemitério dos Prazeres previstas para os dias 26 de abril e 10 de maio, não... saber mais...