Cultura e Lazer, Estrela

Arte em São Bento

05, Setembro 2019
  • Arte em São Bento
    Arte em São Bento

A Residência Oficial do primeiro ministro / Palacete de São Bento volta a acolher uma coleção de arte contemporânea vinda de fora de Lisboa, para que os lisboetas e os visitantes da cidade a possam admirar aos domingos, quando a residência abre ao público. Trata-se, desta vez, de parte da coleção privada de Norlinda e José Lima (uma das mais completas do país), habitualmente exposta no Centro de Arte Oliva, em São João da Madeira.

No ato inaugural, no dia 5 de setembro, a curadora Isabel Carlos proporcionou uma visita guiada ao primeiro ministro António Costa, aos presidentes das câmaras de Lisboa e São João da Madeira, Fernando Medina e Jorge Vultos Sequeira, membros do Governo, comunicação social, artistas representados e público.

Depois das coleções da Fundação Serralves (2017) e António Cachola / Museu de Arte contemporânea de Elvas (2018), expõem-se agora 34 obras de artistas portugueses representados na coleção Norlinda e José Lima, entre pintura, fotografia e escultura. A curadora Isabel Carlos justificou a seleção com base em critérios de paridade de género e representação de artistas vivos - o mais idoso dos quais, Cruzeiro Seixas, nasceu em 1934 - e tem por objetivo "introduzir o vírus da contemporaneidade num palacete oitocentista".

Entre outros artistas, destacam-se as obras de Lurdes Castro (com a obra mais mais antiga, de 1966), de ana Jotta (com a obra mais recente, de 2018), Paula Rego, Ãngela Ferreira, Eduardo Batarda, Cruzeiro Seixas, André Cepeda, Sara Bichão, Graça Pereira Coutinho, Ana Marchand, Graça Morais, João Penalva, Paulo Quintas, Pedro Tudela ou Júlia Ventura.

A exposição, que se distribui pelas salas dos diversos piso do palacete, estará patente até ao fim do ano, aos domingos, das 10h00 às 17h00, com entrada gratuita.

Array
Mais notícias sobre:
Cultura e Lazer, Estrela