Cultura e Lazer, Município

Bem-Vindos ao Natal de Lisboa

24, Novembro 2018
Às 18h00 em ponto na Praça do Comércio, o Presidente da Câmara Municipal de Lisboa carregou no botão que acendeu oficialmente as luzes de Natal, dando assim início a um vasto programa preparado para esta quadra festiva.
  • Bem- Vindos ao Natal de Lisboa
    Bem- Vindos ao Natal de Lisboa

"A conferência de imprensa mais aguardada do ano e a que mais gostamos de fazer", começou por dizer Fernando Medina nos Paços do Concelho, minutos antes de ligar a iluminação da cidade. 

" Uma programação rica, diversificada e multicultural, uma marca da cidade de Lisboa, que aliada à iluminação das ruas  procura a valorização do comércio local e a promoção do espaço publico da cidade como um local de encontro e de partilha" avançou o presidente da CML explicando assim o grande objetivo da programação do Natal em Lisboa.

Na Praça do Comércio, junto ao pinheiro de Natal, uma estrutura com cerca de 30 metros iluminado por 53.400 lâmpadas leds, juntaram-se milhares de pessoas para assistir ao momento do aceder das luzes, que até dia 6 de janeiro irão dar outro colorido à cidade.

Da Praça do Comercio, subindo a Rua Augusta até ao Rossio, Rua do Carmo, Largo do Chiado, este primeiro “ passeio natalício”  terminou no Largo Camões.

Por toda a cidade as decorações estarão espalhadas por 42 praças, ruas e avenidas num total de 2 milhões e 150 mil cento e cinquenta mil lâmpadas de baixo consumo com tecnologia LED, o que representa uma poupança de energia na ordem dos 80%, num  investimento que, de acordo com Fernando Medina, ronda os 800 mil euros.

As iluminações das principais artérias de Lisboa neste Natal totalizam mais de 215 km de cordão de luz, o equivalente a 97 pontes com o mesmo comprimento da ponte 25 de Abril. Quase daria para unir, numa única linha de luz, a cidade de Lisboa ao Porto.

Uma das novidades deste ano, é o concurso das Montras de Natal.

Uma iniciativa promovida pela Câmara Municipal de Lisboa e pela União de Associações do Comércio e Serviços com o objetivo de promover e fomentar a modernização e a animação do comércio na cidade de Lisboa. As 46 montras estarão em exibição entre entre 1 a 25 de dezembro, em onze freguesias da cidade.

Mas há muito mais para ver e fazer nesta quadra na cidade, programação é vasta e ao longo das próximas semanas o único desafio vai ser escolher: da música barroca à contemporânea, passando por peças mais tradicionais e populares e pelo gospel, e pelos concertos das igrejas que abrem as portas aos coros e às orquestras.

Tal como no ano passado, as comunidades Hindu e Ismaili voltam a associar-se à programação.

No primeiro dia de dezembro as Histórias de Natal são contadas na Praça do Município, num evento que decorrerá ate a 6 de Janeiro de 2019. Na praça, um carrocel vintage, uma árvore de Natal gigante, uma Casa do Pai Natal um Mercado de Natal animarão os dias mais frios.

Também a 1 de dezembro, no Parque Eduardo VII abrem-se mais uma vez as portas da Lisboa Wonderland. Um espaço de entretenimento e animação, de acesso e gratuito onde a animação e o entretenimento não vão faltar. Roda Gigante, carrosséis, aldeia do Pai Natal, pista de gelo ecológica assim como muitas outras atrações serão paragem obrigatória para os visitantes de todas as idades.

Festa de Passagem de Ano

O final de ano em Lisboa será assinalado com três dias de concertos gratuitos na Praça do Comércio.

No dia 29 de dezembro, Branko convida Cachupa Psicadélica, Dino D’Santiago, Carlão e Sara Tavares. e no dia 30, o palco é da Orquestra Metropolitana de Lisboa, com os solistas Carlos Guilherme (Tenor) e Elisabete Matos (Soprano).

No último dia do ano, Daniel Pereira Cristo com Tatanka, João Só e Ana Bacalhau fazem o aquecimento para as 12 badaladas. 

As boas vindas a 2019 são dadas por um espetáculo piromusical de cerca de 12 minutos.

Os primeiros sons do novo ano são trazidos por Richie Campbell, Dengaz, Mishlawi, Plutónio e DJ Dadda.

De forma a receber milhares de pessoas que se esperam na Praça do Comércio, a segurança está devidamente acautelada numa "afinação" já habitual com a PSP e a proteção civil municipal "fortemente mobilizada", garantiu o presidente da Câmara de Lisboa.

Por isso, será adotado o “dispositivo que é usual nestas épocas”, e “vai estar tudo preparado para que a noite corra bem”, acrescentou Medina.

A programação de Natal (iluminações e programa cultural) resulta de uma parceria entre a Câmara Municipal de Lisboa, a UACS - União das Associações de Comércio e Serviços e a EGEAC - Empresa de Gestão de Equipamentos e Animação Cultural.

Mais notícias sobre:
Cultura e Lazer, Município