Município, Santa Maria Maior, Urbanismo

Bem-vindos ao novo Campo das Cebolas

14, Abril 2018
Lisboa deu as boas-vindas ao renovado Campo das Cebolas.Um amplo jardim, um parque infantil com vista para o Tejo assim como estacionamento subterrâneo são as grandes novidades apresentadas em mais um dia de festa marcado pela presença de centenas de pessoas que vieram celebrar com a CML a devolução à cidade de mais um dos seus espaços emblemáticos.
  • Bem-vindos ao novo Campo das Cebolas
    Bem-vindos ao novo Campo das Cebolas

Terminadas as obras no Campo das Cebolas, com a requalificação do espaço público e a construção de um parque de estacionamento subterrâneo com 206 lugares, é tempo de os lisboetas desfrutarem de mais uma parte da frente ribeirinha.

Onde antes existia um parque de estacionamento selvagem, há agora um amplo jardim e um parque infantil sendo ainda visível a profunda requalificação do espaço pedonal junto à Casa dos Bicos

" O dia que entregamos de novo o Campo das Cebolas à cidade", disse o Presidente da Câmara Municipal de Lisboa, visivelmente orgulhoso pelo resultado de uma obra que "muda completamente a forma como este espaço é vivido. Hoje é uma zona aprazível e de lazer e com uma particularidade, preservou muito da memória histórica da cidade de Lisboa.Através desta obra conseguimos saber melhor o que foi a Lisboa de outros tempos."

“Sob o convite “A Rua é Sua - Venha descobrir o novo Campo das Cebolas", Fernando Medina fez a festa com os milhares de lisboetas que se deslocaram a esta zona da cidade.  

Durante toda a tarde de sábado, dia 14 de abril, a animação esteve garantida com inúmeras actividades, culminando com os concertos, de entrada livre, de Ricardo Ribeiro e Filipa Cardoso e dos HMB

No local está ainda patente uma exposição que assinada a Evolução do Espaço Publico do Campo das Cebolas.

No novo parque de estacionamento subterrâneo, cujo acesso é feito por uma escadaria com mais de dois séculos, o Presidente da Câmara Municipal de Lisboa assistiu a um vídeo com o historial dos trabalhos de requalificação destacando a particularidade de um parque que "é ao mesmo tempo uma galeria onde estão exposto os achados arqueológicos

O Novo Campo das Cebolas

Da autoria do arquiteto Carrilho da Graça, a convivência entre o passado e o presente foi um dos objetivos centrais do projeto 

Na sequência da conclusão dos trabalhos, o Campo das Cebolas reabre agora com novas funções e com a possibilidade de se ver o que os sedimentos e muitas construções haviam escondido: um cais pombalino, sucessivamente reconstruído ao longo de mais de dois séculos, uma escadaria que hoje pode ser percorrida e uma muralha que nos conta onde o rio se encontrava, mais próximo de terra".

Iniciada em outubro de 2015, a abertura ao público do Campo das Cebolas foi sendo adiada devido à descoberta dos vestígios arqueológicos.

A requalificação da Doca da Marinha-O próximo passo 

O próximo para a recuperação total desta zona da cidade passa pela abertura ao publico da  actual Doca da Marinha.

A zona entre o terminal de cruzeiros e o terminal fluvial do Terreiro do Paço vai converter-se numa zona de lazer e de passeio com pólo expositivo da marinha, fruto de um protocolo assinado em fevereiro deste ano, entre a Câmara Municipal de Lisboa e a Marinha Portuguesa.

Fernando Medina salientou o impacto profundo que esta requalificação terá na cidade, através da criação de uma oportunidade única para a fruição de uma zona nova.

O Presidente da CML adiantou que a obra da estação sul-sueste se irá iniciar em outubro, criando assim uma "grande zona pedonal que se vai ligar até ao rio" lembrando ainda o trabalho que a CML tem vindo a desenvolver em devolver a zona ribeirinha aos lisboetas, entre o Cais do Sodré e Santa Apolónia.