Habitar, Intervenção social

BIP/ZIP 2018 em ação

07, Abril 2018
Estão abertas as candidaturas ao programa municipal BIP/ZIP.
  • BIP/ZIP 2018
    BIP/ZIP 2018

Já está aberta a oitava edição do Programa Municipal BIP/ZIP. Com 270 projetos, 567 Instituições,4637 Atividades, está em curso uma nova edição, acrescentando novas candidaturas, novos parceiros e mais iniciativas, no âmbito do desenvolvimento local.

No âmbito do Programa Municipal BIP/ZIP- Bairros e Zonas de Intervenção Prioritária, realizou-se no dia 7 de abril, na Escola Profissional Gustave Eifel, Campus Académico do Lumiar, um Workshop subordinado ao tema – O Desafio do Desenvolvimento Local, com o objetivo  de divulgação e capacitação, destinado a apresentar aos munícipes a estratégia de ação da oitava edição do projeto, cujas candidaturas arrancam ao final da tarde.

Cerca de 200 pessoas estiveram presentes nesta  iniciativa. Houve debate  e testemunhos das entidades de vários projetos que desde 2011 até 2017 têm vindo a desenvover nos seus territórios impacto neste Programa e na melhoria da qualidade de vida da cidade. Essencialmente o encontro pretendeu informar e estabelecer a capacitação das organizações locais, para além de apresentar o novo ciclo e regras a definir em 2018.

Para a vereadora da Habitação e Desenvolvimento Local,da Câmara Municipal de Lisboa, Paula Marques, este Programa, “ já é uma marca fundamental de governo na cidade, uma forma partilhada e participada, mas sobretudo porque dá voz às pessoas e às organizações para que possam desenvolver no seu bairro, o que entendem ser melhor. Já somos uma grande família, aquilo que chamamos energia BIP-ZIP, um conjunto de pessoas, de organizações, que lutam nos seus territórios para desenvolver projetos para a melhoria e qualidade de vida da cidade”.Considera a autarca.


O Programa BIP-ZIP

O Programa BIP-ZIP – Bairros e Zonas de Intervenção Prioritária de Lisboa foi criado em 2011 pela autarquia como um instrumento de política pública municipal, que visa dinamizar parcerias e pequenas intervenções locais de melhoria dos “habitats” abrangidos, através do apoio a projetos levados a cabo por juntas de freguesia, associações locais, coletividades e organizações não-governamentais, contribuindo para o reforço da coesão socio-territorial no município.

 A dinamização de projetos pensados para e pelas comunidades locais, suprindo as suas necessidades a diversos níveis e pondo a concorrer, para isso, as forças locais e a própria comunidade, é o objetivo deste programa, com consequências diretas em termos de empregabilidade, formação, atuação, nos domínios da saúde, educação, junto dos idosos, jovens desempregados, ou de grupos vulneráveis.

A Energia BIP/ZIP

Esta rede de parcerias espalhou-se pela cidade e é já um dos projetos mais emblemáticos da autarquia e da sua estratégia de desenvolvimento local, atraindo as atenções de numerosos observadores internacionais. Para além das diversas marcas que já lançou, o programa BIP ZIP tem também sido fator da criação de postos de trabalho ou de capacidade de integração profissional das pessoas envolvidas, para além de procurar sempre a sustentabilidade dos projetos como forma de manter viva a energia lançada no terreno cada vez que se constrói uma nova parceria.

O investimento municipal até ao momento foi de 9,4M€, a que se juntaram verbas ou serviços angariados diretamente pelas próprias parcerias, no valor de 2,9M€. No total os 67 territórios BIP/ ZIP em toda a cidade foram já abrangidos com projetos apresentados, envolvendo diretamente mais de 1/5 da população de Lisboa.

A nova edição do programa tem como orçamento 1,6M€, e as candidaturas estarão abertas durante trinta dias, em plataforma online. Toda a documentação e os formulários necessários estão disponíveis através do site do Pelouro da Habitação e Desenvolvimento Local:

http://habitacao.cm-lisboa.pt


Mais notícias sobre:
Habitar, Intervenção social