Educação, Lumiar

Brincar em Segurança

23, Maio 2019
A Associação Para a Promoção da Segurança Infantil-APSI e a Câmara Municipal de Lisboa comemoraram, pelo terceiro ano consecutivo, o Dia Nacional da Segurança Infantil, que se assinala a 23 de maio.
  • Brincar em Segurança
    Brincar em Segurança
  • Brincar em Segurança
    Brincar em Segurança
  • Brincar em Segurança
    Brincar em Segurança
  • Brincar em Segurança
    Brincar em Segurança
  • Brincar em Segurança
    Brincar em Segurança
  • Brincar em Segurança
    Brincar em Segurança
  • Brincar em Segurança
    Brincar em Segurança

Tendo como parceira a Câmara Municipal de Lisboa e a APSI realizaram hoje, no Jardim da Quinta das Conchas, ao Lumiar, um evento comemorativo com a participação de cerca de meio milhar de crianças das escolas  de Lisboa. Diversas atividades que promovem a segurança infantil, como andar a pé ou de bicicleta, brincar ao ar livre, participar em jogos, muita atividade física, experimentar os carros da Polícia, da Proteção Civil, ambulâncias, entre outras, fizeram a alegria dos mais pequeninos.

Cada uma das turmas foi desafiada a participar em diferentes atividades com o intuito de recolher energia para o “Talismã”. Por cada atividade completada foram acumulando energia na sua “bateria” que serviu para “energizar” o pretendido “Talismã da Segurança”, no final.

A autarquia com o seu programa Letras, Cores e Saberes e as Escolas de Trânsito, bem como Ambiente, Proteção Civil, entre outros, marcaram presença nos vários ateliers.

Letícia tem 10 anos e está a adorar o dia. Em cima de uma mota da PSP diz que o que mais gostou “foi de aprender o que é mesmo andar em segurança e também andar de bicicleta e entrar nos carros da polícia”.

O agente da PSP, Nuno Correia, da Esquadra de Motociclistas da Divisão de Trânsito, não tinha mãos a medir com a pequenada a querer experimentar a sua potente moto” e falou-nos da iniciativa.” Esta interação é muito importante porque vai-se refletir a longo prazo. Os miúdos vão aprender a respeitar e a não ter medo da polícia e, a brincar, também aprendem regras de segurança”.

Mais notícias sobre:
Educação, Lumiar