Investir

Budapeste promove encontro “cidades inteligentes” em Lisboa

14, Fevereiro 2018
Com o foco na mobilidade elétrica e nas conquistas de Lisboa e Budapeste no âmbito dos projetos das “Smart City”, a conferência foi uma organização conjunta entre a Embaixada da Hungria e a Câmara Municipal de Lisboa e teve como anfitrião o vice-presidente da CML.
  • Budapeste promove encontro “cidades inteligentes” em Lisboa
    Budapeste promove encontro “cidades inteligentes” em Lisboa

Duarte Cordeiro começou por agradecer e realização do encontro em Lisboa e destacar a importância da escolha da capital portuguesa.

Lisboa é uma das seis cidades escolhidas a nível europeu para apontar o caminho à Europa sobre o que é ser uma smart city, ou cidade inteligente.

À delegação húngara, o vice-presidente, fez um balanço do trabalho realizado nas áreas da economia e inovação nos últimos seis anos destacando as principais apostas da autarquia.

Continuar a tornar Lisboa como um importante HUB de captação de multinacionais, apostar no sistema empreendedor da cidade, com criação da plataforma Made of Lisboa,  Hub Criativo do Beato entre outros, ou ainda a “transformação da cidade numa verdadeira Smart City” são alguns dos caminhos a seguir, diz Duarte Cordeiro.

A Embaixadora da Hungria em Portugal agradeceu o acolhimento da autarquia lembrando o sucesso da parceria entre Lisboa e Budapeste que acabam de assinar os 25 anos do acordo de geminação.

Klára Breuer expressou o desejo de reforço do trabalho conjunto entre, as duas capitais, no domínio da inovação e da mobilidade sustentável “ em prol da população de ambos os países.

O encontro prosseguiu com as intervenções da vice-presidente de Budapeste que fez uma apresentação sobre a prestação da capital da Hungria como “smart city” e de Paulo Soeiro de Carvalho, responsável pela Direção Municipal de Economia e Inovação da Câmara Municipal de Lisboa.

Tempo ainda para ficar a conhecer o trabalho realizado pelas start-ups de Lisboa e Budapeste.

Mais notícias sobre:
Investir