Município, Segurança

Ajuda financeira a localidades de Moçambique afetadas pelos ciclones

04, Dezembro 2019
Câmara de Lisboa disponibiliza apoio financeiro de 150.000 € para reconstrução de edifícios na cidade da Beira, em Moçambique, destruídos pelos ciclones Idai e Kenneth. Complexo de saúde com maternidade, é um dos locais a reabilitar.
  • Protocolo entre Câmara, UCCLA e CVP vai ajudar regiões de Moçambiquie afetadas pelos ciclones Idai e Kenneth
    Protocolo entre Câmara, UCCLA e CVP vai ajudar regiões de Moçambiquie afetadas pelos ciclones Idai e Kenneth
  • Câmara de Lisboa disponibiliza apoio financeiro de 150.000 € para reconstrução de edifícios na cidade da Beira, em Moçambique
    Câmara de Lisboa disponibiliza apoio financeiro de 150.000 € para reconstrução de edifícios na cidade da Beira, em Moçambique

O apoio será canalizado para a UCCLA-União das Cidades Capitais de Língua Portuguesa e para a Cruz Vermelha Portuguesa (CVP) – envolvidas no projeto de reconstrução – e foi formalizado hoje, 4 de dezembro, com a assinatura de protocolos entre a autarquia e as duas entidades, representadas pelo vereador da Proteção Civil, Carlos Manuel Castro, o secretário-geral da UCCLA, Vítor Ramalho, e o presidente da CVP, Francisco George.

Além do apoio à construção em curso de um novo serviço de urgência e uma nova ala do hospital maternidade, as verbas agora atribuídas às duas instituições destinam-se à reconstrução de edifícios públicos.

Já em março, após a passagem do ciclone Idai, a câmara enviou equipas multidisciplinares de técnicos para apoio a necessidades básicas no terreno.

O ciclone Idai, em março de 2019, causou um elevado número de vítimas mortais e danos materiais em Moçambique, destruindo habitações, escolas e unidades de saúde. Menos de seis semanas depois, a 25 de abril, o ciclone Kenneth atingiu a costa norte do país, nas províncias de Nampula e Cabo Delgado.

Mais notícias sobre:
Município, Segurança