Carnide, Cultura e Lazer

Câmara assinala Dia Mundial do Teatro na Casa do Artista

28, Março 2016
  • Câmara assinala Dia Mundial do Teatro na Casa do Artista
    Câmara assinala Dia Mundial do Teatro na Casa do Artista
  • Câmara assinala Dia Mundial do Teatro na Casa do Artista
    Câmara assinala Dia Mundial do Teatro na Casa do Artista
  • Câmara assinala Dia Mundial do Teatro na Casa do Artista
    Câmara assinala Dia Mundial do Teatro na Casa do Artista
  • Câmara assinala Dia Mundial do Teatro na Casa do Artista
    Câmara assinala Dia Mundial do Teatro na Casa do Artista
  • Câmara assinala Dia Mundial do Teatro na Casa do Artista
    Câmara assinala Dia Mundial do Teatro na Casa do Artista
  • Câmara assinala Dia Mundial do Teatro na Casa do Artista
    Câmara assinala Dia Mundial do Teatro na Casa do Artista
  • Câmara assinala Dia Mundial do Teatro na Casa do Artista
    Câmara assinala Dia Mundial do Teatro na Casa do Artista

Cumprindo uma "tradição incontornável", a Câmara Municipal de Lisboa organizou hoje, na galeria Raul Solnado da Casa do Artista, em Lisboa, mais um encontro com os profissionais do teatro, por ocasião do Dia Mundial do Teatro, celebrado no dia 27 de março em todo o mundo.

O convívio, com a presença dos vereadores Catarina Vaz Pinto, Paula Marques, e Joao Ferreira, reuniu nomes como Carmen Dolores, Laura Soveral, Eunice Muñoz, Glória de Matos, Manuela Maria, Virgílio Castelo, Victor de Sousa, Inês de Medeiros, Luis Aleluia, Fernando Tavares Marques, e José Cabeleira, presidente da Apoiarte, entre cerca de duas centenas de convidados e residentes, de um "espaço onde não é permitido envelhecer".

Para a vereadora da Cultura, Catarina Vaz Pinto, "todos nós precisamos cada vez mais do teatro". Ele é "a vossa vida", sublinhou, dirigindo-se aos profissionais presentes, "mas também para nós é importante para percebermos melhor o mundo em que vivemos". Numa era "digital", como realçou, o teatro é "a arte da ligação e da humanização".

"Uma religião com o Homem no centro", considerou Laura Soveral na leitura de uma mensagem nacional alusiva à data, criada em 1961, pelo Instituto Internacional do Teatro.

Inevitavelmente marcada pelo tema "Refugiados e terrorismo", a mensagem alusiva às comemorações deste ano foi escrita por Anatoli Vassiliev e lida pelo ator Fernando Tavares Marques.

"Será que precisamos de teatro?" interroga-se  Vassiliev. "Para que é que precisamos dele? Nos anos em que a cena é tão insignificante quando comparada com os bairros das cidades e capitais do mundo, onde estão em cena as autênticas tragédias da vida real".

"Para o inferno com os aparelhos e computadores – vão simplesmente ao teatro, ocupem filas inteiras nas plateias e nas galerias, ouçam o mundo e vejam as imagens vivas! – é o teatro na vossa frente, não o negligenciem e não percam uma oportunidade de participarem nele – talvez seja a oportunidade mais preciosa que partilhamos nas nossas vidas apressadas e egocêntricas", apelou o encenador russo.

Array
Mais notícias sobre:
Carnide, Cultura e Lazer