Cultura e Lazer, Município

"Canção de Lisboa" e homenagem a Vasco Santana é o tema das Marchas Populares 2018

11, Dezembro 2017
Em 1933, Vasco Santana e Beatriz Costa encantaram os portugueses com a Canção de Lisboa. 85 anos depois, o emblemático filme de Cottinelli Telmo e a homenagem a Vasco Santana será o tema das Marchas Populares de 2018. O anúncio foi feito hoje, dia 11 de dezembro, pelo Presidente da Câmara de Lisboa na cerimónia de entrega dos troféus aos vencedores deste ano.
  • "Canção de Lisboa" e homenagem a Vasco Santana é o tema das Marchas Populares 2018
    "Canção de Lisboa" e homenagem a Vasco Santana é o tema das Marchas Populares 2018

O desafio será fazer deste " o melhor ano de sempre das Marchas Populares de Lisboa" começou por afirmar Fernando Medina.

A Canção de Lisboa e a homenagem a Vasco Santana, serão "um tema querido de todos e da cidade, algo que está profundamente enraizado com a nossa história e será, certamente, uma marca inspiradora para o ano que vai começar", afirmou o Presidente da CML a quem coube o anúncio do tema escolhido.

Num Salão Nobre completamente cheio, e depois da atuação do “cavalinho” que interpretou o tema  “Lisboa, Mar de Encontros", vencedor da grande Marcha de Lisboa 2017, foram entregues os prémios aos diversos intervenientes num dos acontecimentos mais emblemáticos da vida da capital, e que, em 2018 comemora 86 anos de existência

"Um momento de afirmação de Lisboa, uma cidade bairrista e capaz de preservar as suas origens. Cada ano que passa as marchas estão mais fortes, mais novas e mais enraizadas na nossa identidade e são um dos momentos altos de afirmação da nossa cidade", realçou o Fernando Medina fazendo questão de lembrar o recente galardão atribuído à cidade de melhor  destino" City Break" do mundo.

Para a Presidente do Conselho de Administração da Egeac, Joana Gomes Cardoso, “hoje em dia as Festas de Lisboa são um espaço de inovação e renovação da cidade”.

Os Prémio de 2017

Alfama foi a grande vencedora deste ano e arrecadou, para além do primeiro prémio, o de “Figurino” e o de “ Musicalidade”. Em segundo e terceiro lugar ficaram, respetivamente, Bairro Alto e Madragoa, esta ultima também levou para casa o prémio de “Coreografia”.

Carnide arrecadou o prémio “Cenografia”, a melhor “Letra” foi para a Marcha da Bica e a “Melhor composição original" é da Marcha da Bela Flor.

O prémio “Desfile na Avenida da Liberdade” foi ganho pela Marcha do Bairro Alto.

Destacam-se ainda os prémios de participação para a Marcha Infantil da Voz do Operário, que em 2017 assinalou a 30.ª participação no desfile marcando assim várias gerações de pequenos marchantes que foram apresentados às tradições da cidade, para a Marcha dos Mercados e para a da Santa Casa da Misericórdia que participou pela primeira vez.

 Para além do tema principal, foi ainda anunciada a abertura do concurso para a Grande Marcha de Lisboa 2018” cujo tema obrigatoriamente será “LISBOA…”.

O prazo limite de apresentação das composições é dia 21 de Fevereiro de 2018.

As Marchas Populares de Lisboa têm como alto o desfile na Avenida da Liberdade a 12 de junho. As exibições no Altice Arena terão lugar nos dias 1, 2 e 3 de junho.

Array
Mais notícias sobre:
Cultura e Lazer, Município