Mobilidade, Município

Carris vai ter mais carreiras

14, Novembro 2017
Mais 20 motoristas até ao próximo ano, compra de novos autocarros, reforço das carreiras e aumento das linhas de bairro são algumas medidas que o Tiago Farias, presidente do Conselho de Administração da Carris adianta estarem em curso. Numa entrevista ao Jornal de Negócios/Antena 1, aquele responsável defende a redução de preços para estudantes e sublinha que “em sete meses não se reconstroem em sete anos”.

O número de linhas em Lisboa “vai crescer nos próximos quatro anos”, afirma o presidente do Conselho de Administração da Carris em entrevista ao Jornal de Negócios/Antena 1. Tiago Farias, que preconiza uma redução no tarifário para estudantes entre os 14 aos 18 anos, revela ainda a entrada de 100 novos motoristas já este ano, número que duplicará em 2018. 

Lembrando que a Carris passou para a responsabilidade da Câmara Municipal de Lisboa apenas no início deste ano, aquele responsável sublinha que “em sete meses não se reconstroem sete anos”, mas a empresa “já está a fazer mais quilómetros”. 

Em outubro, revela, “ultrapassámos os 100 milhões de passageiros transportados e praticamente mais um milhão face ao ano transacto”. 

O objeto das fortes mudanças na gestão da empresa é claro, “queremos colocar mais serviço e com maior fiabilidade”, e por isso adianta que até 2020 a empresa vai receber 250 novos autocarros, alguns já na segunda metade do próximo ano [o processo só não é mais rápido devido a constrangimentos legais nos concursos]. Quanto às linhas de bairro, que já começaram a funcionar, Tiago Farias prevê que até ao início de 2019 estejam implementadas mais de 20 carreiras.

Mais notícias sobre:
Mobilidade, Município