Carnide, Cultura e Lazer

Casa do Artista comemora o Dia Mundial do Teatro

27, Março 2018
A "cultura não é um custo, é, acima de tudo, aquilo que nos une enquanto comunidade, aquilo que nos distingue como comunidade". Fernando Medina falava durante um almoço na Casa do Artista, que assinalou em Lisboa o Dia Mundial do Teatro.
  • Casa do Artista comemora o Dia Mundial do Teatro
    Casa do Artista comemora o Dia Mundial do Teatro
  • Casa do Artista comemora o Dia Mundial do Teatro
    Casa do Artista comemora o Dia Mundial do Teatro
  • Casa do Artista comemora o Dia Mundial do Teatro
    Casa do Artista comemora o Dia Mundial do Teatro
  • Casa do Artista comemora o Dia Mundial do Teatro
    Casa do Artista comemora o Dia Mundial do Teatro
  • Casa do Artista comemora o Dia Mundial do Teatro
    Casa do Artista comemora o Dia Mundial do Teatro
  • Casa do Artista comemora o Dia Mundial do Teatro
    Casa do Artista comemora o Dia Mundial do Teatro
  • Casa do Artista comemora o Dia Mundial do Teatro
    Casa do Artista comemora o Dia Mundial do Teatro
  • Casa do Artista comemora o Dia Mundial do Teatro
    Casa do Artista comemora o Dia Mundial do Teatro
  • Casa do Artista comemora o Dia Mundial do Teatro
    Casa do Artista comemora o Dia Mundial do Teatro

Para o autarca, que começou por homenagear "todos os que fizeram e fazem o teatro", jovens e menos jovens, é a cultura "que nos permite a nós também nos afirmarmos no mundo". A cultura, assinalou, é "uma área que está no centro da política de desenvolvimento da cidade", sem a qual "não haverá desenvolvimento sustentado na nossa comunidade".

Lisboa é uma cidade "cada vez mais global", também graças ao papel dos jovens criadores, em múltiplos domínios da nossa cultura, considerou Medina, deixando uma palavra de "compromisso" para com a cultura, com o teatro, com os artistas, jovens e menos jovens.

Um dos principais eventos que marcam este dia, é a difusão da Mensagem do Dia Mundial do Teatro, escrita pela primeira vez por Jean Cocteau, em 1962. Desde então, todos os anos, no dia 27 de março, a mensagem do Instituto Internacional do Teatro é traduzida para mais de 50 línguas, e lida nos teatros de todo o mundo antes do início do espetáculo.

O ator Luis Lucas deu voz à mensagem do Instituto, deste ano, da autoria da escritora, dramaturga e jornalista Sabina Berman. Maria Henrique, leu a mensagem da Sociedade Portuguesa de Autores, escrita pela atriz e encenadora Isabel Medina.

No final, tempo ainda para uma atuação do grupo "Teatro la Maison", constituído por jovens entre os 12 e os 19 anos. 

Array
Mais notícias sobre:
Carnide, Cultura e Lazer