Mobilidade, Município, Parque das Nacoes

CicloExpresso do Oriente- um comboio sustentável

22, Junho 2018
Promover a mobilidade suave e sustentável é o objetivo do CicloExpresso do Oriente.Um comboio de pais e crianças que se deslocam de bicicleta para a escola no Parque das Nações, num percurso de três quilómetros.Um dia depois da conquista de Lisboa como Capital Verde Europeia 2020, o vereador da Mobilidade da Câmara de Lisboa foi conhecer esta iniciativa pioneira.
  • CicloExpresso do Oriente- um comboio sustentável
    CicloExpresso do Oriente- um comboio sustentável

A iniciativa começou quando um pai para promover a utilização de bicicleta, chegou à pré-primária neste veículo de duas rodas.
Três anos depois o grupo cresceu e é agora uma realidade nesta mais recente freguesia da cidade.

João Bernardino, um dos mentores do projeto, esta forma de deslocação “ é o melhor que pode haver no que diz respeito aos curtos percursos de casa para a escola, porque permite para melhores cidades”

Para os mais pequenos é uma forma de diversão ao mesmo tempo que contribuem “para a preservação do meio ambiente”.
Iniciativas como esta mostram que estamos no caminho certo diz o Vereador da Mobilidade da Câmara Municipal de Lisboa.

Miguel Gaspar, agradeceu todos que contribuem para uma cidade mais sustentável ”são exemplos de cidadania que queremos replicar na cidade”, avançando que a autarquia irá,a partir de setembro, trabalhar com quatro agrupamentos escolares de forma a ter um programa de mobilidade para as escolas que permita alternativas ao carro.

Gira bate recordes

O Parque das Nações foi a freguesia pioneira na implementação de sistema de bicicletas partilhadas. Um ano depois, a Gira tem batido todos os recordes. O último regista 4400 viagens em apenas um dia para um sistema que ainda está a meio da primeira fase. Atualmente são disponibilizadas 700 bicicletas em 70 estações, das 1500 previstas.

Um sistema que, diz Miguel Gaspar, terá de ser alargado face às solicitações das freguesias e que tem já o mérito de contribuir para o aumento do número de bicicletas na cidade, não só das Giras mas também de particulares.

Array
Mais notícias sobre:
Mobilidade, Município, Parque das Nacoes