Investir

Concurso de ideias para o Intendente

18, Março 2015
  • FabLab in the City
    FabLab in the City

As maquetas das dez melhores ideias selecionadas na primeira fase do concurso “FABLAB IN THE CITY” (de entre 39 propostas entregues) foram apresentadas no dia 18 de março, no Largo Café Estúdio (Largo do Intendente), pela vereadora Graça Fonseca, acompanhada pela presidente da Junta de Freguesia de Arroios, Margarida Martins.

Na ocasião, depois de cada um dos proponentes dos projetos selecionados ter apresentado as suas ideias, a vereadora formalizou a abertura do período de votação para escolher a melhor ideia proposta para o Largo do Intendente. A votação, que decorrerá até 1 de abril, poderá ser feita através do site www.lisboaparticipa.pt ou pessoalmente no Largo Café Estúdio (Largo do Intendente, 16) ou no FabLab Lisboa (junto ao Mercado do Forno do Tijolo). 

Durante o período da votação, as maquetas, produzidas pelo laboratório municipal de prototipagem rápida FabLab Lisboa, continuarão expostas no Largo Café Estúdio. Após esta fase, os votos serão contabilizados através da plataforma online www.lisboaparticipa.pt.

A autarca adiantou que no dia 9 de abril, durante uma festa na Casa Independente (Largo do Intendente) para a qual "estão todos convidados", serão anunciados os três vencedores que concorrem por um prémio de 3.000€ no seu conjunto (1.500€ para o primeiro lugar, 1.000€ para o segundo e 500€ para o terceiro), sendo atribuído aos restantes uma menção honrosa. Segundo Graça Fonseca, os projetos vencedores serão materialmente produzidos pela prototipagem do FabLab e, eventualmente, concretizados no próprio Largo do Intendente, pois "queremos que este seja mais do que um concurso de ideias", manifestando a convicção de que o FabLab seja "um equipamento aberto à cidade e à adequação às necessidades das populações vizinhas".

Até ao dia 1 de abril estão, portanto, todos convidados a votar num dos projetos a concurso, cujos detalhes podem ser consultados no material informativo que acompanha a exposição das maquetas no Largo Café Estúdio, e aceder ao portal Lisboa Participa para votar. A diversidade promete dificultar a tarefa na hora da votação. Entre os projetos, há quem reivindique as tradições de jogos de rua, propondo aplicações coloridas e geométricas no pavimento. Existe uma alternativa que alia as atividades recreativas a um desenvolvimento sustentável, ou uma estrutura que produz sombras baseadas num azulejo de modo a incentivar a multiculturalidade do local. Em geral, somam-se propostas onde a multifuncionalidade sobressai sem descurar a faceta estética. 

Array
Mais notícias sobre:
Investir