Mobilidade, Mobilidade [SEM]

Conferência em Lisboa debateu a mobilidade, a saúde e a qualidade de vida nas cidades

20, Setembro 2019
Especialistas nacionais e internacionais, presentes na conferência "Wise Mobility: cidades ativas, cidades saudáveis", defenderam o paradigma das pessoas no centro da mobilidade nas cidades.
  • Conferência internacional na Fundação EDP sobre mobilidade, saúde e qualidade de vida nas cidades
    Conferência internacional na Fundação EDP sobre mobilidade, saúde e qualidade de vida nas cidades
  • Conferência internacional na Fundação EDP sobre mobilidade, saúde e qualidade de vida nas cidades
    Conferência internacional na Fundação EDP sobre mobilidade, saúde e qualidade de vida nas cidades
  • Conferência internacional na Fundação EDP sobre mobilidade, saúde e qualidade de vida nas cidades
    Conferência internacional na Fundação EDP sobre mobilidade, saúde e qualidade de vida nas cidades
  • Conferência internacional na Fundação EDP sobre mobilidade, saúde e qualidade de vida nas cidades
    Conferência internacional na Fundação EDP sobre mobilidade, saúde e qualidade de vida nas cidades

Integrada na Semana Europeia da Mobilidade, a conferência decorreu hoje, dia 20 de setembro, na Fundação EDP, em Lisboa, com a participação de Scott Shepard, diretor da Free2Move, André Neves, especialista em mobilidade sustentável da Transport For London, Miguel Somsen ( MCSomsen ), jornalista, e Frederico Lopes, investigador da Faculdade de Motricidade Humana.

Na intervenção que marcou o encerramento do encontro, o vereador da Mobilidade da Câmara de Lisboa afirmou que "o peão é o elemento mais vulnerável na cidade, em especial os idosos e as crianças”.

É isto, sublinhou Miguel Gaspar, “que tem de estar no centro das nossas preocupações, na definição da mobilidade nas cidades”, nomeadamente “criando espaços seguros para o cidadão e garantido fluidez para os carros nas vias de hierarquia superior".

Ao longo da tarde, os oradores abordaram as novas tendências de mobilidade – recorrendo à tecnologia como elemento facilitador da mobilidade sustentável –, bem como a descarbonização das cidades e o combate ao sedentarismo e obesidade.