Cultura e Lazer, Investir

Conservação e valorização do património religioso em debate

18, Novembro 2015
O património religioso é de todos, afirmou o padre Edgar Clara no seminário sobre valorização e conservação do património realizado em 18 de novembro, que contou com a participação da vereadora da cultura Catarina Vaz Pinto.
  • Seminário “Conservar e Valorizar o Património Religioso no século XXI”
    Seminário “Conservar e Valorizar o Património Religioso no século XXI”

O projeto ‘Arte por São Cristóvão’ reuniu na Clínica de São Cristóvão, dia 18 de novembro, pessoas ligadas à cultura, arquitetura e gestão, membros da comunidade religiosa e universidades.

Com o tema “Conservar e Valorizar o Património Religioso no século XXI”, o seminário foi organizado pela paróquia de São Cristóvão e São Lourenço, em colaboração com a Câmara de Lisboa, e contou com quatro painéis: “A Igreja de São Cristóvão”, “Conhecer para salvaguardar”, “Estratégias para uma gestão económica” e “Marketing e Comunicação”.

Na abertura, a vereadora da Cultura da Câmara Municipal de Lisboa, Catarina Vaz Pinto, recordou que a iniciativa teve início com um projeto vencedor do Orçamento Participativo (OP), cuja verba de 75 mil euros permitiu dar início à campanha de valorização para a Igreja de são Cristóvão, a recuperação do seu edificado e as maravilhosas telas que nela existem. 

Juntar historiadores, pessoas ligadas ao património, ao financiamento de projetos, ao marketing e à comunicação permite a conjugação de esforços de várias entidades e a divulgação e sensibilização para a salvaguarda do património religioso, disse ainda.

Pelo seu lado, o Padre Edgar Clara sublinhou a importância do projeto e afirmou que pode pode vir a ser exemplar e mobilizador de vontades, não só para aquela igreja mas para muitas outras. “Convidamos padres, pessoas ligadas ao mundo da cultura, empresarial, gestão e universitários”, reunindo pessoas de diferentes áreas com o único objetivo de refletir sobre como gerir e sustentar património religioso, que é acima de tudo um património de todos.

O debate foi moderado pelos dirigentes municipais Manuel Veiga e Carmo Rosa, pelo Padre Edgar Clara e por José Maria Lobo.

Array
Mais notícias sobre:
Cultura e Lazer, Investir