Alvalade, Ambiente, Higiene urbana

Contentor de grandes dimensões melhora recolha de lixo em Alvalade

20, Março 2019
Trata-se do primeiro equipamento municipal deste género a ser instalado na cidade e no país, que compacta o lixo introduzido e permite transportar, de uma só vez, cerca de 16 toneladas de lixo, entre cartão e indiferenciados.

Junto ao mercado de Alvalade entrará brevemente em funções um contentor/compactador subterrâneo de resíduos sólidos urbanos, que permite transportar de uma só vez cerca de 16 toneladas de papel e lixo indiferenciado produzidas pelos vendedores e moradores da zona. Carlos Manuel Castro, vereador da Higiene Urbana, assistiu aos testes finais do equipamento de grandes dimensões, que brevemente entrará em funções. 

É o primeiro compactador de lixo subterrâneo a ser instalado pelo município e o único de carácter público no país. “Mais um passo que estamos a dar em Lisboa para facilitar a vida às pessoas e aos próprios serviços da higiene urbana”, afirma o vereador. O compactador está junto a um grupo de contentores enterrados para resíduos recicláveis, e Carlos Manuel Castro sublinha que a cidade “está no bom caminho da limpeza e da qualidade ambiental”. 

A lógica é, diz ainda o vereador, “de triangulação entre pessoas, serviços da câmara e ambiente”, pois facilita a deposição de lixo aos munícipes e aos vários operadores do mercado, ao mesmo tempo que dá melhores condições às equipas municipais para que a recolha “decorra de forma mais rápida e eficaz.”

16 toneladas de uma vez só

O contentor é bicompartimentado e permite o armazenamento de dois tipos de resíduos, neste caso papel e indiferenciados, pois, explica Júlio Flor, um dos técnicos municipais responsáveis pelo projeto, trata-se do tipo de lixo mais produzido pelos vendedores do mercado e pelos estabelecimentos de restauração. 

Tem uma dimensão de 20 metros cúbicos e uma área útil de 16, divididos igualmente por cada tipo de resíduo, e está dotado de dois tipos de portas: uma de maiores dimensões para o sector comercial, cuja abertura é accionada apenas por um cartão distribuído a todos os comerciantes, e outra mais pequena, destinada aos moradores da zona. 

Lá dentro o lixo vai sendo compactado e a capacidade de armazenamento aumenta, até às 16 toneladas. Dotado de sensores que permitem aos serviços camarários acompanhar a taxa de enchimento, quando o contentor atinge a capacidade total sobe numa plataforma elevatória e é colocado num camião, que o transporta para as estações de tratamento.  

Array
Mais notícias sobre:
Alvalade, Ambiente, Higiene urbana