Habitar, Intervenção social, Marvila

Cooperação institucional promove segurança nos bairros do Condado e Armador

22, Janeiro 2018
MAI Bairro é a nova tipologia do Contrato Local de Segurança, que pretende prevenir numa lógica de parceria entre forças vivas e instituições.

O vereador Miguel Gaspar, com os pelouros da Mobilidade e Segurança, participou em 22 de janeiro numa sessão que juntou várias organizações dos bairros do Condado e do Armador, forças de segurança, a secretária de Estado adjunta da Administração Interna, Isabel Oneto, e o presidente da Junta de Freguesia de Marvila, José António Videira, numa discussão sobre o Contrato Local de Segurança para aqueles bairros. 

Isabel Oneto explicou que o contrato, assinado entre a Câmara de Lisboa e o Ministério da Administração Interna, assenta numa base de cooperação institucional à escala local entre administração central, autarquias e parceiros locais, em interação com a comunidade, com vista à redução de vulnerabilidades sociais, à prevenção da delinquência juvenil e à eliminação dos fatores criminógenos que contribuem para as taxas de criminalidade identificadas na área de intervenção.

Trata-se, adianta, de “uma nova geração” dos contratos de segurança, este especificamente designado por “MAI Bairro” que assenta na cooperação institucional em interação com a comunidade, envolvendo ainda serviços desconcentrados dos ministérios da educação, saúde, trabalho, segurança social, cultura, ciência e tecnologia. 

Procura-se, desta forma, promover uma intervenção precoce em contextos de risco, procurando, concomitantemente, melhorar as condições de segurança das populações e a proteção dos cidadãos mais vulneráveis. A ideia é, salienta a secretária de Estado, que na perspetiva do bairro não exista apenas “uma política de segurança pública, mas também políticas públicas de segurança”. 

Objetivos que Miguel Gaspar apoia, salientando que também no âmbito da autarquia está a ser feito um esforço para uma maior articulação entre os diversos pelouros, particularmente com as áreas da habitação e dos direitos sociais. Nesse sentido a reunião contou com representantes dos gabinetes dos vereadores Paula Marques (Habitação) e Ricardo Robles (Direitos Sociais) e, sublinha Miguel Gaspar, o principal mérito é falarmos uns com os outros”.