Intervenção social, Misericordia

Dia Mundial da Diabetes com rastreio na Praça Luís de Camões

14, Novembro 2016
No Dia Mundial da Diabetes, 14 de novembro, a Associação Protetora dos Diabéticos de Portugal (APDP), no seguimento do que tem vindo a fazer pelo país, esteve na Praça Luis de Camões, em Lisboa, a avaliar os olhos de pessoas com diabetes, número que ultrapassa, em Portugal, um milhão.
  • Dia Mundial da Diabetes com rastreio na Praça Luís de Camões
    Dia Mundial da Diabetes com rastreio na Praça Luís de Camões

Este ano o foco do Dia Mundial da Diabetes está centrado na retinopatia diabética (RD) e na importância de diagnosticar precocemente esta manifestação oftalmológica da diabetes, que constitui uma das principais causas de perda grave de visão a nível mundial. Na causa da retinopatia diabética, que é umas das mais graves complicações crónicas da diabetes, está o aumento dos níveis de açúcar no sangue, que provoca alterações nos pequenos vasos sanguíneos da retina, no interior do olho.

Muitas foram as pessoas que se deslocaram à tenda, localizada na Praça Luis de Camões, para avaliar o seu grau de risco da diabetes e quem já tivesse o diagnóstico da doença poderia medir os seus níveis através de uma análise rápida de sangue e ainda fazer um diagnóstico de retinopatia diabética.

Mais de 415 milhões de pessoas vivem atualmente com diabetes, uma das principais causas de cegueira na população mundial. Um em cada dois adultos com retinopatia diabética está por diagnosticar e este diagnóstico precoce, bem como o tratamento atempado, podem prevenir a perda de visão.

O primeiro estudo epidemiológico no país sobre a retinopatia diabética, realizado por especialistas da APDP, examinou recentemente mais de 52 mil pessoas com diabetes e concluiu que 16,3% sofrem da doença que é a principal causa de cegueira (evitável) na população ativa. O RETINODIAB foi implementado entre Julho de 2009 e Dezembro de 2014 em pessoas com diabetes tipo 2 após 5 anos de seguimento e compreende a área geográfica de Lisboa e Vale do Tejo, onde a APDP realiza rastreios anuais.

Foi comunicado, no local que, dia 26 de novembro, entre as 9h30 e as 16h30, a APDP, irá organizar a “Festa da Diabetes” no Complexo Desportivo Casal Vistoso, no Areeiro, onde irá decorrer um showcooking & alimentação saudável, música, dança e poesia, um espaço criança e ainda uma feira das associações. A entrada é livre.

Mais informações em www.apdp.pt