Segurança

Dia Municipal do Bombeiro

25, Agosto 2014
  • Dia Municipal do Bombeiro
    Dia Municipal do Bombeiro

O Dia Municipal do Bombeiro foi assinalado, em Lisboa, com a colocação de uma coroa de flores na lápide que recorda o grande incendio do Chiado, há 26 anos. 

Promovida pela Câmara Municipal de Lisboa e pelo Regimento de Sapadores Bombeiros (RSB), a cerimónia, que decorreu na Rua do Carmo, pretendeu, ainda, homenagear todos os homens e mulheres que diariamente se empenham na proteção e defesa da cidade.

Ao toque de silêncio, a coroa foi colocada pelo vice-presidente da CML, Fernando Medina, e pelo comandante do RSB, tenente-coronel Pedro Patrício.

No seu discurso, Pedro Patrício saudou todos os bombeiros e frisou a confiança que o Executivo municipal tem depositado nos bombeiros da cidade, “pessoas iguais às demais”, mas que têm como tarefa proteger, defender e salvar a população.

Fernando Medina, por seu turno, recordou “a tragédia que se abateu sobre uma grande área da cidade” e “a determinação dos bombeiros que nesse fatídico dia correram em socorro”. O autarca garantiu que o Município está empenhado em dar resposta “ao que a cidade exige”, designadamente melhorando a proteção e a segurança da cidade.

No dia 25 de agosto de 1988 Lisboa foi palco de um incêndio violentíssimo, no Chiado, que provocou duas mortes, 73 feridos, na sua maioria bombeiros, e 150 desalojados. O fogo destruiu um vasto conjunto de edifícios, alguns deles emblemáticos, que alojavam comércio tradicional, escritórios e habitações.

Array
Mais notícias sobre:
Segurança