Benfica, Desporto, Educação

Disciplinas Paralímpicas nas escolas de Lisboa

15, Dezembro 2015

O Dia Paralímpico na Escola, marca o arranque de um conjunto de iniciativas, em Lisboa, que vão culminar em maio do próximo ano, destinadas a promover o desporto adaptado. Com este evento, "dá-se mais um passo para a integração das disciplinas paralímpicas nos currículos da disciplina de Educação Física", informa o Comité Paralímpico de Portugal.

O Comité, em parceria com a Câmara Municipal de Lisboa, e Junta de Freguesia de Benfica, organizaram, dia 15 de dezembro, na Escola Secundária José Gomes Ferreira, em Benfica, um colóquio subordinado ao tema "O Movimento Paralímpico". 

O encontro contou com a presença de Jorge Máximo, vereador do Desporto da câmara de Lisboa, Inês Drummond, presidente da junta de freguesia de Benfica, o presidente do Comité Paralímpico de Portugal, Humberto Santos, o diretor do agrupamento de escolas de Benfica, Manuel Esperança, e a diretora do agrupamento de escolas Quinta de Marrocos, Cristina Sério.

"Todos temos que estar sensibilizados para a diferença", lembrou Manuel Esperança, na abertura do encontro, dirigindo-se aos alunos que encheram o auditório. Uma presença "disciplinada" - como se de uma aula se tratasse, vincou - interessada, sobretudo, nos testemunhos dos atletas paralímpicos Eunice Raimundo (natação), Pedro Reis (vela) e Luís Gonçalves, campeão do mundo dos 400 metros T12.

Numa freguesia com uma população escolar de quase 7 000 alunos, de acordo com a presidente da junta de Benfica, é "a partir da escola que tudo começa". Procuramos, afirmou Cristina Sério, "que não haja diferença nos alunos", com ou sem deficiências. Acreditem em vocês próprios e deixem sempre a vossa marca pelos sítios onde passarem, encorajou a diretora.

O colóquio, marca o início de "um percurso que vai terminar em maio, com o Dia Paralímpico". Através de uma parceria, com o Comité Paralímpico de Portugal, a Câmara "trabalha para que o desporto chegue a toda a gente", sublinhou Jorge Máximo, manifestando "empenho" em continuar esta colaboração.

No final, Humberto Santos lançou um convite aos alunos para participarem, a partir de amanhã, nas atividades que vão decorrer na Escola Básica 2,3 Quinta de Marrocos e na Escola Secundária José Gomes Ferreira. Um grupo de professores devidamente formados em "Modalidades Paralímpicas em Contexto Escolar" vai acompanhar as modalidades: atletismo, basquetebol em cadeira de rodas, boccia, esgrima, goalball, lutas amadoras e voleibol sentado, andebol em cadeira de rodas, badminton, judo, ténis em cadeira de rodas, ténis de mesa, tiro com arco.