Ambiente, Município

Duas árvores numa Pão de Forma a caminho do Caramulo

07, Setembro 2018
Em direção ao Motor Festival, uma carrinha histórica do município de Lisboa segue por estradas secundárias numa ação solidária. Objetivo: plantar duas árvores na serra do Caramulo e despertar consciências para o flagelo dos incêndios.
  • Uma Árvore para o Caramulo, Praça do Município, 7 set 2018
    Uma Árvore para o Caramulo, Praça do Município, 7 set 2018
  • Uma Árvore para o Caramulo, Praça do Município, 7 set 2018
    Uma Árvore para o Caramulo, Praça do Município, 7 set 2018
  • Uma Árvore para o Caramulo, Praça do Município, 7 set 2018
    Uma Árvore para o Caramulo, Praça do Município, 7 set 2018
  • Uma Árvore para o Caramulo, Praça do Município, 7 set 2018
    Uma Árvore para o Caramulo, Praça do Município, 7 set 2018
  • Uma Árvore para o Caramulo, paragem na Amoreira, 7 set 2018
    Uma Árvore para o Caramulo, paragem na Amoreira, 7 set 2018
  • Uma Árvore para o Caramulo, cuidar do motor na viagem, 7 set 2018
    Uma Árvore para o Caramulo, cuidar do motor na viagem, 7 set 2018
  • Uma Árvore para o Caramulo, Pedrógão Grande, 7 set 2018
    Uma Árvore para o Caramulo, Pedrógão Grande, 7 set 2018
  • Uma Árvore para o Caramulo, já no Motorfestival, 8 set 2018
    Uma Árvore para o Caramulo, já no Motorfestival, 8 set 2018
  • Uma Árvore para o Caramulo, já no Motorfestival, 8 set 2018
    Uma Árvore para o Caramulo, já no Motorfestival, 8 set 2018
  • Uma Árvore para o Caramulo, já no Motorfestival, 8 set 2018
    Uma Árvore para o Caramulo, já no Motorfestival, 8 set 2018

Pouco passava das dez da manhã e a Volkswagem Pão de Forma, viatura histórica do município de Lisboa, saía dos Paços do Concelho em direção ao Caramulo Motor Festival, sob o olhar do vice-presidente da autarquia, Duarte Cordeiro, que desejou boa viagem. Lá dentro vão duas árvores, trabalhadores da autarquia e muita solidariedade com as populações de uma das serras mais atingidas pelo flagelo dos incêndios, . 

Uma Árvore para o Caramulo é uma uma iniciativa simbólica e solidária do município de Lisboa, que alia a vontade de preservar e dinamizar o património histórico da autarquia à disponibilidade solidária da autarquia e dos funcionários que integram o projeto museológico “LxClassicos”, sensibilizados pelo flagelo dos incêndios que devastaram o país no ano passado.

A pão de forma viaja por estradas secundárias e transporta duas árvores dos viveiros da autarquia (um Amieiro e um Teixo), que serão plantadas na Serra do Caramulo. 

Aldeia da Amoreira, Pedrógão Grande e Vila Nova de Poiares foram três das paragens dos viajantes, sempre alvo de cusiosidade de quem passava, pelo meio houve que olhar pelo motor e verificar níveis, sem percalços. 

No domingo, dia 9, a carrinha participa no desfile do Caramulo Motor Festival e associam-se a esta causa um grupo de funcionários municipais, que se deslocam em autocarro.