Cultura e Lazer

E o Pimba não os deixou em paz!

10, Junho 2016
A Praça do Comércio foi pequena para os milhares de pessoas que vieram assistir a mais um concerto "Deixem o Pimba em Paz", com Bruno Nogueira e Manuela Azevedo acompanhados pela Orquestra Metropolitana de Lisboa e com a participação dos convidados, Marante, Sara Tavares e Jorge Palma. Uma grande celebração do Pimba.

"Eles sabiam a letras todas, cantaram connosco, foi extraordinário", comentava no final do concerto Manuela Azevedo, vocalista dos Clã, que participa ao lado de Bruno Nogueira no espetáculo "Deixem o Pimba em Paz". A ideia surgiu há três anos, na proposta de um espetáculo para o Teatro São Luiz de cinco apresentações. Não podia ter corrido melhor. Três anos depois o "Deixem o Pimba em Paz" já correu o país, juntou-se à orquestra Metropolitana de Lisboa e não pára de receber convidados. Na noite de 10 de junho, com a Praça do Comércio a seus pés, subiram ao palco Jorge Palma, Sara Tavares e o extraordinário Marante que interpretou o incontornável "Som de Cristal": "Transformei a esposa, em mulher da rua, na mais bela dama da Noite de Cristal".  

A festa entrou pela noite dentro e terminou com explosões de fogo de artifício enquanto os artistas voltavam para mais um encore: "continuas-me a chamar Bebé..." 

Assim se celebrou mais um momento das Festas de Lisboa. Foi a grande noite do pimba. Outras virão. Ficou a promessa.   

Array
Mais notícias sobre:
Cultura e Lazer