Investir, Município

Empreendedorismo em Lisboa a olhar o futuro

11, Maio 2016
Com os olhos postos nos impactos do Web Summit durante os próximos três anos na cidade, num balanço da 5.ª Semana do Empreendedorismo de Lisboa o vice-presidente da Câmara Municipal, Duarte Cordeiro, destaca iniciativas como o open day de criativos e makers no Centro de Inovação da Mouraria, o Tubarões e Peixes Miúdos ou om lançamento da plataforma de crowdfunding BoaBoa.

Pelo quinto ano consecutivo Lisboa promoveu a Semana do Empreendedorismo e o saldo é para o vereador responsável pelo pelouro da Economia e Inovação e vice-presidente da autarquia muito positivo. Mas Duarte Cordeiro já olha para o futuro e projetos como a transformação da antiga Manutenção Militar no Beato ou o Web Summit são objetivos desafiantes para o ecossistema empreendedor da cidade. 

Mais de quarenta eventos, 70 parceiros e 3 500 presenças em mais de 20 eventos um pouco por toda a cidade são alguns dos números que ficam, e entre os vários destaques Duarte Cordeiro refere o open day no Centro de Inovação da Mouraria, um evento que permitiu juntar atores das industrias criativas daquele espaço com makers do FabLab, ou o Tubarões e Peixe Miúdo, um autêntico Shark Tank à portuguesa que mobilizou para os Paços do Concelho empreendedores e investidores e muitos dos projetos apoiados pelo Lisboa Empreende numa interessante mostra. 

A semana terminou na Reitoria da Universidade de Lisboa (UL), onde o vereador discursou no encerramento da terceira Conferência da Rede Valor, uma iniciativa inserida na Semana da Inovação da UL. Ao mesmo tempo, no Cais do Sodré decorria um Study in Lisbon Talk – de Estudante a Empreendedor. 

“Temos que reter talento e atrair mais talento, diz Duarte Cordeiro no vídeo de balanço que aqui pode ser visto, onde lembra que que Lisboa é “a maior cidade universitária do país”. 

O vice-presidente da Câmara Municipal recorda ainda a plataforma de crowdfunding “BoaBoa” lançada no decorrer da semana e destaca também a conferência realizada na abertura da semana com a Comissão Europeia e o Comité das Regiões, onde, diz, foi definida a estratégia que procura materializar “essa ambição de transformar Lisboa num dos principais hubs de talento e de inovação à escala mundial.”

Lisboa recebe nos próximos três anos o Web Summit e Duarte Cordeiro considera que se trata de uma oportunidade de excelência para todo o ecossistema empreendedor, um momento único e um marco para a cidade. 

Array
Mais notícias sobre:
Investir, Município