Encontro de Voluntários - Teleassistência

Março 18, 2013
  • Encontro de Voluntarios teleassistencia
    Encontro de Voluntarios teleassistencia
Array

Voluntários atentos, do outro lado da linha, no combate à solidão

O Banco de Voluntariado para a Cidade de Lisboa (BVL) promoveu no dia 18 de março, no edifício central da Câmara Municipal de Lisboa, Campo Grande 25,  o primeiro encontro com voluntários que vão atender, por telefone, idosos e pessoas portadoras de deficiência, no âmbito do serviço de teleassistência.

“Será uma voz amiga que fará este acompanhamento social, através do telefone, a partir de uma sala sita neste edifício, diariamente, por forma a dar resposta à solidão e exclusão social em que muitas pessoas se encontram”, explicou Célia Tereso, responsável pela Divisão de Ação Social e Saúde, enquanto um grupo de voluntários procedia à assinatura de compromisso.

A apoiar estes voluntários vai estar uma linha de acompanhamento por parte do Núcleo de Envelhecimento e pela Equipa da Deficiência, do Departamento de Desenvolvimento Social.

Recorde-se que a autarquia e a Fundação Portugal Telecom celebraram no passado dia 12 de dezembro um protocolo de colaboração que visa operacionalizar um serviço de teleassistência, com mil equipamentos, destinado a idosos e deficientes carenciados que se encontram em situação de risco ou isolamento na cidade.

Este serviço de alerta disponibiliza aos beneficiários, sem quaisquer encargos, um equipamento telefónico com capacidade de efetuar, de forma simplificada, uma ligação, através do número 800 204 204, para a Sala de Operações Conjunta - SALOC – constituída por elementos da Proteção Civil, Bombeiros Sapadores e da Polícia Municipal.

Desde fevereiro de 2012, que a “ Linha S.Ó.S. Lisboa “, atende, pelo número 800 204 204, através de uma simples chamada  gratuita para o SALOC, e dá resposta urgente a situações de risco e de isolamento, 24 horas por dia, 365 dias por ano.

No entanto estava a faltar o apoio “do outro lado da emergência”, quando as pessoas precisam apenas de ser ouvidas e de ouvir uma palavra amiga, no seu esquecido quotidiano, daí este apoio necessário e urgente que o Banco de Voluntariado para a Cidade de Lisboa, vem agora prestar à população.

Podem candidatar-se ao  serviço de teleassistência, os munícipes da cidade de Lisboa, com idade igual ou superior a 65 anos, ou com incapacidade igual ou superior a 60 por cento, comprovada em certidão multiusos de incapacidade, desde que com rendimentos iguais ou inferiores ao valor do salário mínimo nacional, per capita.

O pedido de adesão a este serviço é efetuado na Câmara Municipal de Lisboa ou nas juntas de freguesia, através do preenchimento e entrega de um formulário disponível no site do município  e nos respetivos serviços.



Destaques

Últimas notícias

Set 30, 2014

Artistas internacionais no Lice 2014

A meetiNG art gallery apresenta, de 4 a 17 de outubro, a segunda edição da LICE (Lisbon... saber mais...

Set 29, 2014

Música nas Praças, 4 de outubro

A Câmara de Lisboa e a EGEAC assinalam em 4 de outubro o Dia Mundial da Música com mais uma... saber mais...